Black Friday Ubannet

30/12/2015 às 21h37m - Atualizado em 30/12/2015 às 21h55m

Governo do Estado reforça segurança no Agreste e Mata Norte

A 2ª Companhia do Batalhão Especializado de Polícia do Interior (BEPI) será responsável pelo recobrimento de efetivo nos 56 Municípios do Agreste e Zona da Mata, localizados ao norte da BR-232.

Governo reforça segurança no Agreste e na Zona da Mata Norte pernambucana

Em mais uma ação de combate à violência em Pernambuco, o Governo do Estado entregou, na tarde de hoje (29/12), à população de Toritama, a 2ª Companhia do Batalhão Especializado de Polícia do Interior – BEPI. Com um efetivo de 160 policiais será responsável pelo recobrimento de efetivo e operações especiais de combate à criminalidade nos 56 municípios do Agreste e da Zona da Mata, localizados ao norte da BR-232, beneficiando uma população de mais de 2 milhões de pessoas.

“A ideia de transformar a Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga – CIOSAC em Batalhão, aproveitando a doutrina operacional e a qualidade do trabalho realizado no Sertão, era um projeto antigo e recebeu sinal verde e autorização do Governador Paulo Câmara. Com isso essas regiões ganham um reforço especializado para se somar ao efetivo dos batalhões de área com mobilidade de atuação por todo território”, acrescentou o secretário de Defesa Social em exercício, Rodrigo Bastos.

A divisão territorial proposta leva em consideração a unidade de responsabilidade de policiamento de cada Companhia nas divisas de Pernambuco com os Estados de Alagoas e da Paraíba além dos indicadores monitorados no Pacto pela Vida - PPV. "Reiteramos o nosso compromisso com a segurança pública de Pernambuco. O reforço com a chegada de novos policiais será fundamental para a redução da violência na região. Tenho certeza de que os homens que atuarão no BEPI serão incansáveis na busca de mais harmonia para o Agreste e Zona da Mata", afirmou o governador Paulo Câmara.

Presente ao evento, o comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco – PMPE, coronel Carlos D’Albuquerque agradeceu o apoio que o governador tem dado à Corporação proporcionando mais segurança aos pernambucanos. “Só temos a agradecer a restruturação que viabiliza o emprego de nosso efetivo para combater a violência na região”, complementou.

De acordo com o comandante do BEPI, o tenente-coronel Jamerson Pereira, cada companhia terá 14 viaturas distribuídas em sete equipes. Antes do BEPI, o reforço no policiamento do Agreste era feito por uma equipe da CIOSAC. "A gente deslocava uma equipe do Sertão para dar um apoio à região. Com a implantação do batalhão, utilizaremos as equipes da área, com o conhecimento e a estrutura que temos na CIOSAC", disse.

Para o prefeito do município, Odon Ferreira, a nova Companhia no pouco tempo de atuação já apresentou resultados positivos. "Esse efetivo chegou na hora certa. Em junho e julho nós tivemos 28 homicídios na cidade. Em setembro e outubro, com a chegada do BEPI, foram registrados apenas quatro homicídios", comemorou o gestor.

Além dos comandantes de diversas unidades militares da PMPE também participaram da cerimônia o deputado federal Mendonça Filho, os deputados estaduais Tony Gel e Clodoaldo Magalhães, além de prefeitos e lideranças políticas da região.

Comentários

Outras notícias