Black Friday Ubannet

19/12/2017 às 06h24m - Atualizado em 19/12/2017 às 08h03m

Ação desenvolvida pelo Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar fecham casas de jogos de azar em Natal - RN

Duas pessoas foram autuadas em flagrante, a lei de Contravenções Penais prevê pena mínima de prisão de três meses a um ano, mais pagamento de multa.

casa-de-jogos

Ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte e das polícias Civil e Militar fechou duas casas de jogos de azar que funcionavam em Natal. Ao todo, foram apreendidos 65 máquinas caça-níqueis e cerca de R$ 17 mil em espécie. Duas pessoas foram autuadas em flagrante.

As casas clandestinas funcionavam na rua Piloto Gileno de Melo, em Lagoa Nova, e na Av. Coronel Estevam, no Alecrim. As pessoas autuadas foram conduzidas para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, onde foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs).

Também foram apreendidos mais de 30 poltronas, dois aparelhos de TV, microondas e bebedouro, que deverão ser doados para instituições filantrópicas.

A ação contou com a participação de 40 pessoas, sendo 23 integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco); 11 policiais militares e seis policiais civis.

Punição

Os responsáveis pelas casas de azar serão investigados. Caso condenados, a lei de Contravenções Penais prevê pena mínima de prisão de três meses a um ano, mais pagamento de multa.

 Informações: G1 RN

Comentários

Outras notícias