Black Friday Ubannet

18/12/2013 às 16h25m - Atualizado em 18/12/2013 às 16h25m

TCE aprova contas de Eduardo Campos

Os conselheiros do TCE-PE aprovaram, na manhã desta quarta-feira (18) um parecer prévio recomendando que a Alepe aprove as contas do exercício financeiro de 2012 da gestão do governador Eduardo Campos

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) aprovaram, na manhã desta quarta-feira (18) um parecer prévio recomendando que a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprove as contas do exercício financeiro de 2012 da gestão do governador Eduardo Campos (PSB).
O relatório, apresentado pelo conselheiro João Campos, apresenta 15 recomendações que devem ser aplicadas pelo Governo de Pernambuco nos anos seguintes. Dessas, pelo menos oito tratam de criar mecanismos para garantir o cumprimento de metas e prazos estipulados pelo Estado.

Três recomendações tratam da realização de concurso público e da nomeação de concursados. "Realizar um estudo que demonstre, efetivamente, as necessidades de pessoal efetivo para substituição dos contratos existentes nas várias secretarias e órgãos do Governo", é o primeiro tópico da lista.
O relatório foi acatado por todos e não houve discussão mais acalorada. Pela primeira vez, o texto foi elaborado a partir de uma comparação entre o exercício financeiro de Pernambuco e o de outros estados nas áreas de Educação, Saúde e Segurança.
Em geral, o TCE considerou que o balanço geral está em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com os conselheiros, Pernambuco vive um pico de expansão econômica e que, apesar do ritmo de crescimento de 2012 ter sido menor que nos anos anteriores, ele ainda foi maior que o do Brasil.


Com informações do Jornal do Commercio.

Comentários

Outras notícias