Black Friday Ubannet

14/12/2017 às 20h22m - Atualizado em 14/12/2017 às 20h32m

Comerciante é preso no Sertão com mais de R$ 20 mil em notas falsas

Homem foi preso em Serrita com quase 35 quilos maconha e as notas falsas. Ele seguia em direção à Bahia, onde o dinheiro seria repassado

Um comerciante foi preso no município de Serrita, no Sertão do Estado, transportando quase 35 quilos de maconha e R$ 21.300 mil em notas falsas. Joseph Thomas de Sousa, de 28 anos, foi autuado durante ação conjunta das policiais federal e militar 
enquanto passava pela PE-507. De acordo com a Polícia, o destino final da droga seria o estado da Bahia.

Durante o interrogatório, o comerciante não detalhou como recebeu o entorpecente e se reservou o direito de se pronunciar apenas na presença do juiz. Ele foi autuado pelos crimes de guardar moeda falsa e tráfico de drogas, podendo cumprir pena que varia de 5 a 25 anos de prisão, além do pagamento de multa. 

Dinheiro falso

O chefe de Comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, reforçou a importância de atenção quanto ao recebimento de cédulas nesta época do ano, quanto a movimentação de dinheiro no comércio aumenta por conta das compras natalinas. "As notas seriam entregues para outros estelionatários, que iriam repassar as notas no comércio do interior", diz. "A primeira dica que a gente dá para os comerciantes é não ter pressa no atendimento. Na pressa de atender o maior número de clientes, o prejuízo acaba ficando para o vendedor", diz.

Quem receber uma nota falsa deve procurar uma instituição bancária e entregar o dinheiro. Passar a diante uma nota falsa é crime e pode resultar em prisão.

Fique atento!

Notas falsas geralmente são lisas, não têm cores vibrantes e não possuem itens de segurança. As notas verdadeiras são ásperas e possuem tonalidade firme. Na dúvida, coloque a nota contra a luz para verificar os itens de segurança.

Informações: site Rádio Jornal

Comentários

Outras notícias