Black Friday Ubannet

13/12/2015 às 10h54m - Atualizado em 14/12/2015 às 13h37m

Governo do Estado oficializa primeira escola quilombola de referência

A unidade fica localizada na comunidade quilombola de Buenos Aires, no Município de Custódia, Sertão do Moxotó e beneficia aproximadamente 500 estudantes.

Na última quinta-feira (10), o secretário de Educação do Estado, Fred Amancio e o governador do Estado, Paulo Câmara, assinaram um decreto que transforma a Escola Estadual Alzira Tenório do Amaral em Escola de Referência em Ensino Médio (EREM). A unidade de ensino quilombola é a primeira do Brasil a funcionar como escola em tempo integral. A unidade fica localizada na comunidade quilombola de Buenos Aires, no Município de Custódia, Sertão do Moxotó e beneficia aproximadamente 500 estudantes.

A nova EREM conta com estrutura de 12 salas de aula, diretoria, secretaria, coordenação, arquivo, almoxarifado, laboratórios de Ciências e Informática, auditório com camarim e depósito, biblioteca, sanitários, sala dos professores, grêmio, sala de Educação Física, refeitório, cozinha, despensa, depósito e quadra poliesportiva. “É uma ação importante do Estado de valorização da cultura negra, do trabalho de fortalecimento das escolas em tempo integral associado ao fortalecimento da cultura negra”, pontua Fred Amancio.

Na ocasião, o governador Paulo Câmara também anunciou ações em favor da população negra, reforçando, assim, a política de igualdade racial no Estado. Entre as ações estão o lançamento do 1º plano estadual de Promoção da Igualdade Racial em Pernambuco, a posse dos membros do Fórum Gestor de Promoção da Igualdade Racial, a criação do Grupo de Trabalho para construção do Programa de Combate ao Racismo Institucional (PCRI), a criação da Medalha Solano Trindade, honraria que será concedida a cinco personalidades engajadas na causa e o decreto que garantirá a Caminhada de Terreiros como evento de abertura oficial do Mês da Consciência Negra.

Comentários

Outras notícias