Black Friday Ubannet

11/12/2015 às 09h36m - Atualizado em 11/12/2015 às 09h40m

Duas cidades pernambucanas estão na lista das piores para se viver no Brasil

Caruaru e Olinda ocupam, respectivamente, o 12º e o 18º lugar no estudo divulgado pela Delta Rankings.

Na última terça-feira (8), a empresa de consultoria econômica e financeira Delta divulgou o ranking das cem melhores cidades para se viver no Brasil (BCI 100). Os dados do levantamento levam em conta uma análise de áreas como educação, saúde, taxas de violência, qualidade dos domicílios, receitas e despesas per capita, desigualdade e eficiência da gestão.

Dentre as cem cidades analisadas, os municípios pernambucanos de Caruaru, no Agreste do estado e Olinda, na Região Metropolitana do Recife, aparecem na lista dos 20 piores para se viver no Brasil, sendo que Caruaru está em 12º posição, enquanto Olinda figura o 18º lugar. Além disso, nenhuma cidade das regiões Norte e Nordeste do Brasil aparecem entre as 20 melhores. Segundo o ranking, Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, é o pior dos municípios analisados.

A cidade de Santos, em São Paulo, aparece em primeiro lugar no ranking das melhores, seguida por Belo Horizonte e Jundiaí, repetindo o resultado do ano passado. As únicas capitais presentes entre as dez primeiras são Curitiba e Belo Horizonte.

AS MELHORES AS PIORES
1º) Santos (SP) Duque de Caxias (RJ)
2º) Belo Horizonte (MG) Belford Roxo (RJ)
3º) Jundiaí (SP) Porto Velho (RO)
4º) Blumenau (SC) Ananindeua (PA)
5º) Campinas (SP) Várzea Grande (MT)
6º) Mogi das Cruzes Macapá (AP)
7º) São Bernardo do Campo (SP) Vitória da Conquista (BA)
8º) Curitiba (PR) Maceió (AL)
9º) Santo André (SP) Caucaia (CE)
10º) Mauá (SP) Santarém (PA)
11º) Florianópolis (SC) Camaçari (BA)
12º) Bauru (SP) Caruaru (PE)
13º) Uberlândia (MG) Rio Branco (AC)
14º) Rio de Janeiro (RJ) Feira de Santana (BA)
15º) Porto Alegre (RS) Ribeirão das Neves (MG)
16º) Goiânia (GO) Ponta Grossa (PR)
17º) São Paulo (SP) Gravataí (RS)
18º) Diadema (SP) Olinda (PE)
19º) Vitória (ES) Cariacica (ES)
20º) Brasília (DF) Manaus (AM)

Comentários

Outras notícias