08/12/2016 às 02h50m

Policiais militares aparecem de surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM

João Pedro, que completou 9 anos no início de dezembro, sonha em ser policial desde os 3 anos de idade. Tio do menino teve a deia de convidar policiais do Gati para a festa.

Na foto, menino posa ao lado dos policiais Shiozawa do Nascimento, Flávio Lins, Roberval Feitosa e Manoel Arantes.

Quatro policiais militares do Grupamento de Apoio Tático Itinerante (Gati) foram acionados para uma ocorrência um tanto inusitada no domingo (3). Com o tema '9º Batalhão de Polícia do João Pedro', os PMs foram convidados para fazer uma surpresa na festa do menino de 9 anos na cidade de Ribeirão, na Zona da Mata Sul do estado.

A ideia de convidar os policiais surgiu do tio de João, Rubens Costa. Na semana do aniversário, ele resolveu ir até o batalhão e solicitar a presença da equipe. “Ele disse que a criança era fã do Gati e que seu sonho era ser da equipe quando crescesse. Aquele pedido nos pegou de surpresa. Não era uma ocorrência de costume”, relembra o sargento Ary Xavier.

Para conseguir atender o pedido, a polícia precisou deslocar uma guarnição do município de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, para cobrir a equipe de Ribeirão durante o aniversário. “Tanta gente nos vê de uma forma diferente que não teríamos como negar essa solicitação. Nós só queríamos ver o menino feliz. Isso enche o policial de esperança e fé na sociedade”, comenta o tenente Kildare Guedes, comandante da companhia.

Nas cores preta e branca, características do Gati, tudo na festa fazia referência ao grupamento. Da réplica da viatura no topo do bolo até a roupa que o menino vestia. De traje preto, algemas na cintura e chapéu com a sigla do Gati, João era só alegria ao lado dos policiais. A mãe de João, Cândida de Melo, conta que o filho sonha em ser do Gati desde os três anos de idade.

“Ele cumprimenta, bate continência quando os policiais passam, sempre fica muito encantado. Quando viajamos, ele faz a gente parar no posto da polícia na rodovia para conversar com os policiais. A paixão dele é o Gati. Por exemplo, nós temos uma delegacia aqui no município, mas ele não está nem aí para eles”, brinca.

Com a farda impecável e sorriso no rosto, o cabo Shiozawa do Nascimento diz que toda a equipe se emocionou com essa ocorrência, que, segundo ele, foi a melhor da sua vida. “Algo totalmente diferente do que fazemos todo dia. Somos todos pais de crianças pequenas. Vou guardar isso no coração até o fim da minha carreira”, contou.

Quem também não vai esquecer o aniversário é o próprio João Pedro. Ele entrou na viatura, fez poses e tirou muitas fotos ao lados dos ídolos. Bastante tímido, ele conta que adorou a surpresa e admira a valentia dos policiais. “A roupa é muito bonita, e eles são muito valentes, mas comigo foram muito legais”, relembra ao citar a sua parte favorita da festa. “Apertei a sirene”, comemora.

As informações são do G1 Pernambuco
Foto: Kildare Guedes/Acervo Pessoal

Comentários

Outras notícias