Black Friday Ubannet

06/12/2015 às 01h55m - Atualizado em 06/12/2015 às 09h23m

Família pede ajuda para tratamento de torcedor vítima de violência no Arruda em 2007

Veronaldo Silvino, sofreu afundamento no crânio após levar pedrada na cabeça quando estava na bilheteria para um jogo entre Santa Cruz e Sport.

A família do torcedor Veronaldo Silvino da Silva, 29 anos, que ficou tetraplégico após ser vítima de violência no estádio do Arruda, na Zona Norte do Recife, em 2007, pede ajuda para o tratamento do jovem. Ele sofreu um afundamento no crânio após levar uma pedrada na cabeça quando estava na fila da bilheteria para um jogo entre Santa Cruz e Sport. Desde então, o jovem vive em uma cama, em estado vegetativo, sob os cuidados da mãe, a dona de casa Hozineide Gomes, em Peixinhos, Olinda, no Grande Recife.

O que mantém a família são dois salários mínimos. Um é a aposentadoria dele, enquanto o outro é pago pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF). “Desse dinheiro, eu pago casa, água, luz, alimentação, além do tratamento dele. Não posso trabalhar para cuidar do meu filho. A minha vida é a vida dele”, relata Hozineide. A mãe do jovem ainda diz que não possui assistência médica e que não consegue atendimento eficaz no posto de saúde local. Para ajudar a família, você pode entrar em contato pelo telefone: (81) 98884 9907.


Da TV Jornal

Comentários

Outras notícias