Black Friday Ubannet

04/12/2015 às 12h54m

Cantor pernambucano vence mais uma disputa no The Voice Brasil, na TV Globo

Ayrton Montarroyos foi mais uma vez elogiado pelo técnico Lulu Santos e obteve 65% dos votos do público com Carinhoso.

Ayrton Montarroyos foi mais uma vez elogiado pelo técnico Lulu Santos / Reprodução/TV Globo

O cantor pernambucano Ayrton Montarroyos pulou mais uma fogueira ontem na disputa do The Voice Brasil. Ele foi o escolhido pelo público, com 65% dos votos dos telespectadores na segunda disputa do show ao vivo. O jurado Lulu Santos fez questão de elogiar, mais uma vez, a escolha e o desempenho de Ayrton, que escolheu a cançãoCarinhoso, de Pixinguinha e João de Barro.

Impressionado com a segurança da escolha e da interpretação do único pernambucano na disputa, Lulu mostrou ser o mais lúcido dos jurados e fez, veladamente, uma crítica à falta de memória do País e da indústria fonográfica. "A gente, brasileiros, tem um certo defeito de viver no presente, sem conseguir dar muita atenção pro que já passou, portanto, sem conseguir vislumbrar o futuro também", declarou Lulu Santos. "Você, num certo sentido, nos ensina isso", destacando que Carinhoso tinha em torno de 90 anos (é de 1917).

Lulu Santos chegou a perguntar a idade de Ayrton (disse que tinha 20 anos), antes de voltar a comentar: "Com sua juventude, você faz um favor enorme para a cultura do país. Você é o presente, usa o passado e indica o futuro".

Ayrton chamou a atenção dos jurados logo na sua primeira participação ao cantar nas Audições às Cegas a canção Força Estranha, de Caetano Veloso, e ser convocado a entrar no time de Lulu Santos. Na Batalha Musical, interpretouCertas Coisas, de Lulu Santos, vencendo Nando Vianna.

O The Voice Brasil vai afunilando. Na próxima semana (quinta, 12) tem mais uma disputa ao vivo, quando serão definidos os semifinalistas que se enfrentarão no dia 17. A final ocorre na véspera do Natal (dia 24).

Embora se tenha ouvido ao longo do programa que a noite de ontem de ontem tenha sido a melhor desta edição, os telespectadores que usaram o microblog Twitter discordaram, não somente da qualidade das interpretações dos cantores como também pela escolha dos jurados ­- a votação popular foi quase uma unanimidade.

As maiores críticas vieram logo na disputa do time de Michel Teló (por sinal, bastante criticado pelo público como jurado, não devendo emplacar na próxima edição). Se Renato Vianna ganhou com folga pelo voto popular, com 55% do público,com sua intepretação de Billie Jean, de Michael Jackson (apesar do arranjo equivocado) a escolha de Teló pelo sertanejo Renan Ribeiro (Cuida Bem Dela, de Henrique & Juliano) só agradou aos fãs do gênero. Se dependesse dos tuiteiros, seria Mali, que cantou Domino, de Jessie J, a classificada e não a eliminada.

A disputa mais equilibrada veio no bloco seguinte, no time de Cláudia Leitte. Brícia Helen interpretou o sucesso No one, de Alicia Keys e arrebatou 60% dos votos. A disputa ficou acirrada entre a baiana Lorena Ly, que investiu no sambaO Que é o Amor, de Arlindo Cruz, Fred Camacho e Maurição, e a paulista Vanessa Macedo, que apelou para o pop Lost Stars, do Maroon V. Cláudia Leitte estava visivelmente indecisa e terminou optando pela sambista. Uma injustiça.

No time de Carlinhos Brown o resultado foi justo por linhas tortas. A melhor interpretação não foi a de Junior Lord. Se ele acertou na música A Lua e Eu, de Cassiano e Paulo Zdanowski, pecou feicou no figurino. Mas agradou o público, ficando com 64% dos votos. A melhor interpretação foi a de Rebeca Sauwen, muito segura em cantar Right to Be Wrong, soul bluse de Joss Stone, que foi salba pelo gongo pelo prolixo Carlinhos Brown, que fez um discurso browniano (interminável) sincrético evocando Oxumaré, embora o que disse fizesse sentido. Gau Silva, deu voz à Estranha Loucura, sucesso de Alcione composto pelo pernambucano Michael Sullivan e Paulo Massadas, fez uma boa intepretação, mas ficou pelo caminho. Faltou potência na sua interpretação.

No último bloco, o Harry Potter do The Voice Brasil, como chamam Ayrtom Montarroyos no Twitter, mais uma vez demonstrou que saber o que quer. Com o maior escore da noite, garantiu a vaga na próxima batalha de shows ao vivo. Lulu Santos titubeou na hora do voto do jurado. Entre Cris Silva, com Cold War, de Janelle Monáe, e Joelma Santiago, que cantou o chiclete pseudodjavaniano Que Nem Maré, de Jorge Vercillo, ele ficou com a segunda intérprete. Fazer o que?

No encerramento, o cantor e compositor espanhol David Bisbal, que tem carteirinha de técnico do The Voice na Espanha e no México, fez um dueto com Carlinhos Brown. Apesar de ter mais de de 10 milhões de discos vendidos e ter faturado o Grammy Latino, ele ainda é um ilustre desconhecido dos brasileiros.

Na quarta-feira, a Rede Globo confirmou o The Voice Brasil 2016. Por uma exigência da Endemol, que detém os direitos do programa, deverá haver a troca de pelo menos um técnico - o nome mais provável é o de Cláudia Leitte. Mas pode haver mais mudanças. Não será surpresa se Michel Teló, que entrou este ano, sair por causa do seu desempenho, bastante criticado no Twitter. Mas se ele sair, deverá entrar outro sertanejo - Teló substituiu Daniel.


As informações são do JC Online
Foto: Reprodução/TV Globo

Comentários

Outras notícias