GB Bateiras

03/12/2016 às 03h02m

Sport irá doar renda do jogo contra o Figueirense para a Chapecoense

Presidente do Sport, João Humberto Martorelli, sugeriu ainda que demais clubes façam o mesmo que o Leão, caso seja mesmo confirmada a última rodada da Série A

"Ainda não é momento para se resolver a questão desportiva", disse o presidente sobre última rodada
Do Diario de Pernambuco

Procurando se distanciar das polêmicas envolvendo o Internacional e os pedidos de alguns clubes, dirigentes e atletas para que não haja mais a última rodada da Série A, o presidente do Sport, João Humberto Martorelli, preferiu centralizar seu foco na solidariedade. Em entrevista coletiva convocada pelo clube para o início da tarde desta sexta-feira, na sede do clube, o mandatário anunciou que, caso seja confirmada a realização do jogo do Leão contra o Figueirense, o clube doará a renda arrecadada na Ilha do Retiro para as vítimas do acidente envolvendo a delegação da Chapecoense. Além disso, Martorelli convocou todos os demais clubes do Brasileiro a repetir o gesto e aproveitou o ensejo para anunciar as homenagens rubro-negras à Chape.

“Agora o que tem sido insistentemente provocado para uma resposta minha é com relação à questão desportiva. E eu tenho dito e gostaria de repetir aqui: na minha opinião, ainda não é momento para se resolver a questão desportiva. Primeiro é preciso que a gente atente para a necessidade e o posicionamento da principal vítima, que é a Chapecoense. O que é que a Chapecó pretende na verdade? Esse deve ser o vetor, o indicador do que é que o futebol brasileiro deve fazer. Temos que ter compaixão neste momento. Precisamos esgotar o luto pelas vítimas, passar esse momento. Os corpos nem chegaram ainda”, disse.

Questionado sobre as declarações vindas dos dirigentes do Internacional e dos atletas colorados, que pediram para não jogar a última rodada, o presidente rubro-negro evitou entrar no mérito da questão, já que os gaúchos são adversários diretos do Leão contra o rebaixamento na 38ª rodada do Brasileiro. “Não é momento de estar falando em coisa desportiva agora. Não estou preocupado se jogador declarou que vai jogar ou não, se Inter vai cair ou não… Não vejo isso, não acho que seja o momento adequado para a gente discutir isso”, pontuou.

Martorelli reiterou por várias vezes que o momento é de luto e clamou pela união dos clubes Brasil afora pela solidariedade à Chape. “Do ponto de vista desportivo, depois o Sport verá isso no momento adequado. Se a decisão for no sentido de se fazer a rodada final, como talvez deva ser, e tudo indica que assim será, o Sport propõe, e aí sim é uma medida concreta de apoio às famílias das vítimas, que sejam doadas as rendas de todos os jogos da última rodada. Convido todos os clubes brasileiros e do mundo para fazer isso. Acho que é a homenagem mais concreta que podemos fazer para elas”, afirmou o presidente rubro-negro.

Comentários

Outras notícias