Black Friday Ubannet

01/12/2017 às 05h09m - Atualizado em 01/12/2017 às 05h16m

Timbaúba: Foragido do CASE é recapturado pela Polícia Civil

O interno cumpre medida socioeducativa pela participação no homicídio do músico Moysés Gonçalves de Barros, ex-integrante da Orquestra Criança Cidadão no ano passado no Recife

fugitivo_case_30-11-17

Na tarde desta quinta-feira (30) um jovem foragido do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Timbaúba foi recapturado pelos agentes da 46ª Delegacia de Polícia que tem a coordenação do delegado Rodolfo Lima Cartaxo.

Outras informações sobre Timbaúba clique no link: https://goo.gl/eFVsE

O interno de iniciais E.S.J., de 18 anos, que na época do crime era menor de idade cumpre medida socioeducativa por participação no homicídio do músico Moysés Gonçalves de Barros, de 21 anos, ex-integrante da Orquestra Criança Cidadão no ano passado na Ilha de Joana Bezerra, na área central do Recife, capital do Estado de Pernambuco.

Relembre o caso

O ex-integrante da Orquestra Criança Cidadã, Moysés Gonçalves de Barros, foi assassinado a tiros na comunidade do Coque, no bairro da Ilha de Joana Bezerra, na área central do Recife, na noite do dia 1º de agosto de 2016. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, poucos dias atrás, o jovem já havia sido atingido de raspão por uma bala.

Moysés integrava a Orquestra desde 2006, ano em que foi fundada, e fez parte da equipe que viajou para Roma em novembro de 2015 para participar da gravação do álbum mais recente da Orquestra, intitulado ‘Concertos de Bach para violino e orquestra por Orquestra Criança Cidadã e Yoko Kubo’. Ele também atuou como monitor do projeto no Núcleo do Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife.

Comentários

Outras notícias