Black Friday Ubannet

30/11/2016 às 12h10m - Atualizado em 01/12/2016 às 09h22m

Solidariedade: Timbaubense portadora da Doença de Machado-Joseph necessita urgentemente de ajuda

Silmara Souza precisa de Fralda geriátrica (tamanho M), Óleo de girassol, Gazes, Sonda de aspiração, Micropore, Luvas, Leite tipo Isosource Soya. As doações podem ser feitas na Rua Luiz Porfírio Pesso

Silmara Maria de Souza, jovem de 25 anos, residente na Rua Luiz Porfirio Pessoa, por trás do Ginásio Municipal em Timbaúba, há cerca de 12 anos descobriu que é portadora síndrome de Machado Joseph, a mesma que tirou a vida de seu pai há alguns anos. Silmara começou a se engasgar durante as refeições e aos poucos foi perdendo a voz e os movimentos. A doença é crônica e hereditária, atinge pelos menos três gerações da mesma família e resulta em alterações de equilíbrio e coordenação motora.

Sônia Maria de Souza, mãe de Silmara disse que quando foi diagnosticado a doença, ela e a filha quase entraram em depressão, mas com a ajuda de psicólogos e médicos conseguiram enfrentar a realidade. Apesar das dificuldades impostas pela doença, Silmara concluiu o ensino médio em 2014, pois ia frequentemente à escola nos dias em que não precisava fazer tratamento na Associação de Assistência à Criança com Deficiência (AACD), no Recife.

Silmara precisa urgentemente de:

  • Fralda geriátrica (tamanho M)
  • Óleo de girassol
  • Gazes
  • Sonda de aspiração
  • Micropore
  • Luvas
  • Isosource Soya

Como ajudar:

As doações podem ser feitas na Rua Luiz Porfirio Pessoa, por trás da Escola Dr. Antônio Galvão Cavalcante (Ginásio Municipal de Timbaúba), ou pelo número (81) 9 8966-3992.

Ou através de depósito em espécie no Banco do Brasil

Agência: 0446-4
Conta corrente: 41.307-0
Silmara Maria Souza

Silmara recebendo um Tablet da Secretário Estadual de Educação.
O professor Anderson Gomes era o titular da pasta na ocasião.

Sil possui uma doença rara, que se chama síndrome de Machado Joseph, a mesma síndrome do ator Guilherme Karan que faleceu agora a pouco, Sil era uma criança normal, até completar 13-14 anos, hoje ela tem 25 anos, no início quase entrou em depressão! Mas teve ajuda de profissionais da área! Ela é lúcida graças à Deus já que em alguns casos dessa doença atingi a mente. Com toda a situação, concluiu o ensino médio em 2014, com um sorriso lindo, tinha o sonho de cursar ciência da computação, entretanto foi perdendo os movimentos, a fala, e a coordenação motora. Essa doença é progressiva e não tem cura. Ano passado ela sofreu um acidente de transito voltando de Recife dos tratamentos. O que agravou ainda mais o quadro da doença. Ela passou 16 dias entubada”, relatou Vitória, irmã de Silmara, ao site Timbaúba Agora.

A família espera contar com a solidariedade de todos, para a arrecadação de recursos necessários para cuidados. Infelizmente a Secretaria de Saúde do município de Timbaúba oferece apenas parte da ajuda nescessária”, continuou.

Leia também: Três pessoas da mesma família ficam feridas em acidente de trânsito na rodovia BR-408

Comentários

Outras notícias