Black Friday Ubannet

27/11/2016 às 12h44m - Atualizado em 27/11/2016 às 13h34m

Contratações temporárias da prefeitura de Camaragibe são ilegais, diz Tribunal de Contas

Para o TCE, as contratações contrariam o preceito da constituição federal, que consagra o concurso público como regra geral para a investidura em cargo público.

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) julgou ilegais 31 contratações temporárias para cargos como agente de endemias, enfermeiro e auxiliar de serviços gerais, realizadas pela prefeitura de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, em 2015.

Segundo o relatório de auditoria, as contratações realizadas contrariam o preceito da constituição federal, que consagra o concurso público como regra geral para a investidura em cargo público. O atual prefeito da cidade, Jorge Alexandre (PSDB), foi notificado e solicitou uma prorrogação de prazo para apresentação de sua defesa.

Comentários

Outras notícias