Black Friday Ubannet

25/11/2016 às 11h41m - Atualizado em 25/11/2016 às 13h57m

Cooperativa responsável pelo arrendamento da usina Cruangi é premiada por reativar e gerir a unidade timbaubense

A Coaf, além de garantir a manutenção da cultura canavieira na região, gerou 4 mil postos de trabalho entre campo e fábrica. Nesta safra, apesar da seca, Cruangi já produziu 23 milhões de litros de et

A duas safra à frente da usina Cruangi, em Timbaúba, reativada pela Cooperativa da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, o presidente Alexandre Andrade Lima recebeu ontem (24), o prêmio Mastercana Nordeste na categoria entidade de destaque das mãos de Josias Messias – diretor do grupo paulista Procana – responsável pelo prêmio. “Esta premiação é resultado de muito trabalho e dedicação de toda nossa equipe que atua diariamente na ideia justa de que uma usina deve valorizar o seu fornecedor de cana”, agradeceu Andrade Lima.

Foi por esta razão e seus efeitos socioeconômicos que a Cooperativa foi avaliada como MasterCana Desempenho 2016 – Destaque Institucional. Na ocasião, Lima também homenageou Messias por seu protagonismo pela realização do MasterCana nos últimos 28 anos. Ele recebeu uma placa de honra ao mérito da União Nordestina dos Produtores de Cana.

Em relação à Cooperativa da Associação dos Fornecedores de Cana de PE (Coaf), ela atua em prol da valorização do produtor, bem como pela cultura canavieira no Estado e na Região Nordeste. Fundada no ano de 2010, no fim da primeira gestão do então presidente da Associação, Andrade Lima, a Coaf tem colaborado diretamente nestas duas frentes.

A primeira é na comercialização de produtos agropecuários aos seus cooperativados a preços diferenciados do mercado, baixando assim parte de seus custos de produção no campo. A segunda e mais recente contribuição é na área industrial, através do arrendamento e gestão de uma importante usina em PE. Com isso, tem agregado valor a matéria-prima dos produtores cooperativados à filial da Coaf, e qualificando até mesmo a relação entre o setor dos canavieiros com os indústrias no Estado, estabelecendo assim um preço melhor e o referido pagamento.

Em oito anos de fundação, a Coaf não para de crescer e colabora para o desenvolvimento do cooperativismo rural. Este ano, acaba de ampliar suas instalações no Recife, de triplicar postos de trabalho e de elevar o faturamento. Nos últimos 12 meses, o faturamento foi de R$ 11 milhões. Em relação a filial da Coaf em Timbaíba/PE, responsável pela gestão da usina, restabeleceu a cadeia produtiva da cana em torno da reativação da unidade industrial, garantindo a manutenção da cultura canavieira na região. Quase 4 mil postos de trabalho, entre campo e fábrica, foram restabelecidos desde a safra passada – período de sua reabertura. Esta safra, apesar da seca, já atingiu a produção de 23 mi de litros de etanol.

Com informações da Assessoria da AFCP

Comentários

Outras notícias