Black Friday Ubannet

20/11/2016 às 23h30m

Santa Cruz empata com o Atlético/MG no Arruda

O Tricolor ficou na frente do placar na maior parte do tempo, tomando o empate já nos minutos finais. Placar final de 3x3.

Foto: André Nery/JC Imagem

O Santa Cruz enfrentou o Atlético/MG, um dos melhores times da temporada, de igual para igual. Melhor ainda: foi superior ao adversário e esteve muito perto da vitória, neste domingo, no Arruda. O Tricolor ficou na frente do placar na maior parte do tempo, tomando o empate já nos minutos finais. Placar final de 3x3. Mais uma vez, o time coral teve uma grande atuação, mas não aproveitou as muitas oportunidades criadas, oscilou no sistema defensivo e o resultado acabou escapando.

O Atlético/MG largou na frente, com um gol de Fred, aos seis minutos, após vacilo da zaga tricolor. O lance não tirou a determinação dos atletas do Santa, que continuaram buscando o ataque adversário. Aos 12 minutos, João Paulo brigou pela bola na grande área, o defensor colocou a mão na bola e o árbitro marcou pênalti. Grafite cobrou com categoria e empatou o jogo.

O Santa Cruz se aproveitou do momento positivo e pressionou o Atlético/MG. A virada podia ter chegado a qualquer momento. Ela veio aos 30 minutos, em um golaço de Keno. Golaço mesmo, sem exageros. O atacante limpou para a perna direita, na entrada da área, e acertou um lindo chute. Por cobertura, no ângulo do goleiro.

Antes de encerrar o primeiro tempo, Grafite teve grande chance, aos 39. Na segunda etapa, logo aos quatro minutos, Keno viu o goleiro Giovanni salvar duas finalizações dentro da área.

O Santa Cruz merecia ter ampliado a vantagem, mas não aproveitou as chances que teve. O Atlético/MG conseguiu o empate com Clayton, aos nove. Logo depois, aos 13, em mais uma grande jogada de Keno, o Santa se colocou na frente do marcador. Cruzamento para Vítor, que concluiu para as redes. A partir daí, o Santa Cruz controlou o jogo e teve muitas oportunidades claras. Com Keno, Léo Moura, João Paulo. A bola não entrou.

O time mineiro achou uma boa jogada, aos 34, e empatou com Hyuri. Antes do apito final, Jadson e Cazáres se desentenderam e acabaram expulsos de campo. E o Santa Cruz continuou criando chances. Mas não era dia de vitória. Ainda assim, um grande jogo no Arruda. O Tricolor retorna aos gramados no próximo domingo, diante do Grêmio, novamente em Recife

Comentários

Outras notícias