Black Friday Ubannet

20/11/2016 às 11h54m - Atualizado em 20/11/2016 às 12h03m

Recife, sábado 19 de novembro. Cerca de 3,5 mil atletas participaram da 2ª corrida da Consciência Negra

O deputado Ossesio Silva, autor da iniciativa, disse que o evento é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. O parlamentar é autor de vários projetos e leis que beneficia

Cerca de 3,5 mil pessoas participaram na tarde deste sábado (19), da 2ª corrida da Consciência Negra, que teve largada às 14h em frente ao Ginásio Pernambucano, na Rua da Aurora em Recife. A prova faz parte do calendário de eventos do Estado, dentro das comemorações do dia Estadual da Consciência Negra que é comemorado anualmente no 3º sábado de novembro. A prova foi disputada em duas categorias, 5 e 10 quilômetros.

“Em sua primeira edição em 2015, a corrida da Consciência Negra reuniu cerca de 600 inscritos, em diversas categorias. Já a corrida desse ano foram mais de 3 mil participantes. Esse evento surgiu a fim de chamar a atenção da sociedade para o Dia Nacional da Consciência Negra, bem como, para alertar a população sobre os casos de racismo e de violência em todo o país contra a comunidade negra. Esse evento vem destacar a importância do povo negro e de seus direitos na evolução sociocultural do país, através do incentivo a prática do esportiva. ” Justificou Ossesio.

O deputado Ossesio Silva é o autor de vários projetos e leis que beneficiam a comunidade negra no estado. Membro da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o parlamentar também é coordenador geral da Frente de Combate ao Extermínio da Juventude Negra. Em suas ações sempre preza em combater o preconceito, a discriminação e a violência.

O Dia da Consciência Negra é comemorado no Brasil, no dia 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de raça negra. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo.

A data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

No dia da Consciência Negra o objetivo é fazer uma reflexão sobre o relevo da cultura e do povo africano e o impacto que tiveram na evolução da cultura brasileira. Sociologia, política, religião e gastronomia entre várias outras áreas, foram profundamente influenciadas pelas culturas negra e africanas. É dia de comemorar e mostrar profundo apreço pela cultura afro-brasileira.

Comentários

Outras notícias