Black Friday Ubannet

19/11/2018 às 17h35m - Atualizado em 19/11/2018 às 20h55m

Pernambuco: Polícia Rodoviária Federal registra cinco mortes nas rodovias federais no feriadão da Proclamação da República

De quarta-feira (14) a domingo (18), os 61 acidentes computados também deixaram 59 feridos. Sete pessoas foram presas.

polcia_rodovia_federal

Durante o feriado prolongado da Proclamação da República, entre a noite da quarta-feira (14) e o domingo (18), foram registrados 61 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as ocorrências deixaram cinco mortos e 59 feridos.

Além disso, foram presas sete pessoas por porte ilegal de arma, adulteração de veículo automotor, dirigir sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), alcoolemia e porte de substância entorpecente. Em 2017, não houve operação especial devido ao feriado ter acontecido em uma quarta-feira.

O acidente mais grave registrado no feriadão foi uma colisão entre um carro de passeio e um caminhão, no Grande Recife, em que uma pessoa morreu carbonizada e duas ficaram feridas.

Segundo a PRF, o motorista do carro colidiu em um animal, perdeu o controle do veículo e invadiu a pista contrária, colidindo com o caminhão, que fazia o transporte de abacaxis. O caso aconteceu na quinta-feira (15), na BR-101, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife.

Durante os cinco dias de fiscalização, segundo a PRF, foram fiscalizadas 2.848 pessoas e 2.419 veículos, sendo emitidas 1.053 autuações por diversas irregularidades. Dessas, 118 foram por ultrapassagens em locais proibidos, 77 por não utilizar o cinto de segurança, 16 pela falta do capacete e oito pela ausência da cadeirinha para crianças.

As câmeras registraram 569 imagens de veículos com excesso de velocidade. Também foram realizados 1.091 testes do bafômetro, que resultaram em 36 autuações e uma prisão de motorista alcoolizado.

Esse último foi preso por apresentar um índice igual ou superior a 0,34 mg/l, conforme determinação da Lei 12.760/12, conhecida como Lei Seca, que também estabelece a suspensão do direito de dirigir e multa. A polícia recolheu, ainda, 123 veículos, 76 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 31 CNHs.

Comentários

Outras notícias