Black Friday Ubannet

14/11/2018 às 17h43m - Atualizado em 15/11/2018 às 11h52m

Roubos de celulares em Pernambuco caem 26% em outubro, diz SDS

Em outubro de 2018, a SDS registrou 2.710 celulares roubados contra 3.686 no ano anterior. O comparativo mostra uma redução de 26% nas ocorrências.

celular

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) divulgou nesta terça-feira (13) o levantamento mensal de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs). Os dados de outubro mostram redução nos casos pelo 14º mês seguido. Nesse último relatório, a redução foi de 22,3% em comparação com outubro do ano passado.

Roubos de celulares

Em outubro de 2018, a SDS registrou 2.710 celulares roubados contra 3.686 no ano anterior. O comparativo mostra uma redução de 26% nas ocorrências. No comparativo dos dez primeiros meses, a SDS registrou diminuição de 41.872 para 30.298 queixas.

Celulares recuperados em outubro

O levantamento atual mostra que 543 telefones foram recuperados. O número representa aumento de 360% em relação ao mesmo mês de 2017.

Veículos roubados

O atual mês de outubro registra redução de 27,06% nos casos em comparação com o mesmo período de 2017. Os dados trazem diminuição de 1.530 para 1.116 casos. Quando comparado os dez primeiros meses, a queda é de 16.900 para 13.136 ocorrências. O número representa diminuição de 22,27%.

Redução dos roubos de carga em outubro

O estado passou de 56 para 33, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os dados representam 41% de redução. Quando a comparação abrange o período de janeiro até outubro, a redução é menor (17%), passando de 588 casos em 2017 para 490 no atual ano.

Aumento de ataques a bancos e carros-fortes e assaltos a coletivos

No comparativo dos dez primeiros meses, neste ano houve redução de 27% nos ataques a bancos e carros-fortes no estado. Pernambuco registrou diminuição de 81 para 59 ocorrências. Crimes em coletivos diminuíram 41% no mesmo período, passando de 1.275 para 756 casos.

Já no comparativo dos meses de outubro, esses números aumentaram. Os ataques a bancos e carros-fortes passaram de três para cinco em outubro de 2018, enquanto a comparação com o mesmo período de 2017 registrou 13,63% a mais de assaltos a coletivos, pulando de 66 para 75 ocorrências.

Comentários

Outras notícias