Black Friday Ubannet

14/11/2018 às 17h26m - Atualizado em 15/11/2018 às 08h42m

Idoso é preso no Recife por usar adesivo falso de fiscalização do INSS em carro particular

Homem de 68 anos é ex-funcionário do INSS e alegou ter adesivado o próprio carro para ter acesso a estacionamentos exclusivos de veículos oficiais.

policia-federal_adesivo-ilegal

Um homem de 68 anos foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) por usar, em seu carro particular, um adesivo falso com o brasão da República, indicando fiscalização federal do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O aposentado, ex-funcionário do INSS, foi preso em casa, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. As informações só foram divulgadas nesta quarta-feira (14).

De acordo com a PF, a prisão ocorreu depois de investigações a respeito do uso indevido do adesivo. Depois de ser detido, na segunda-feira (12), o homem foi levado à sede da Polícia Federal, no Bairro do Recife, no Centro da cidade.

Em depoimento, o homem alegou ter trabalhado no INSS entre 1982 e 2017. O preso também afirmou ter o adesivo em seu carro desde 2013, com os dizeres “Fiscalização Federal – Estados Unidos do Brasil – A serviço do INSS”. O veículo teria sido adesivado numa gráfica particular em Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

Após ser autuado, o homem fez exames no Instituto de Medicina Legal (IML), passou por uma audiência de custódia e, segundo a PF, responde ao processo em liberdade. Ele deve comparecer à Justiça Federal todas as vezes em que receber intimação.

Ainda de acordo com a PF, as investigações do caso continuam para avaliar se o aposentado se utilizava da função de servidor público do INSS para extorquir pessoas utilizando o nome da instituição. Denúncias ligadas ao caso podem ser feitas na sede da PF, no Cais do Apolo, 321, no Bairro do Recife.

Do G1 PE

Comentários

Outras notícias