Black Friday Ubannet

14/11/2018 às 17h40m - Atualizado em 15/11/2018 às 11h35m

Ex-prefeito pede perdão ao filho assassinado: 'Não tive culpa'

Alysson foi morto com um tiro pelo pai, quando tentou arrombar a porta da casa dele após ser comunicado por vizinhos de que fumaça saía do local

morto_pelo_pai

O ex-prefeito de Baraúna, Adilson Azevêdo, fez um discurso emocionado no velório do seu filho, também ex-prefeito, Alysson Azevedo, na tarde desta quarta-feira (14).

Alysson foi morto com um tiro pelo pai, quando tentou arrombar a porta da casa dele após ser comunicado por vizinhos de que fumaça saía do local, na segunda-feira.

Durante o discurso, Adilson pediu perdão ao filho. “Queria dizer a vocês o que era esse homem para mim. Era Deus no céu e ele na terra. Nós tínhamos uma amizade profunda e ninguém tirava nossa amizade. Meu filho me perdoe, eu não tive culpa”, afirmou.

ENTENDA OCASO: Pai mata o próprio filho com um tiro ao confundi-lo com um assaltante na Paraíba

Comentários

Outras notícias