Black Friday Ubannet

11/11/2016 às 11h22m - Atualizado em 11/11/2016 às 12h54m

Por recomendação do promotor de justiça Dr. João Elias, prefeito de Timbaúba paga todas as categorias de servidores

Segundo o Ministério Público - PE, esse problema é antigo na atual gestão, onde inclusive uma ação civil pública já consta desde dezembro de 2015.

O Promotor de Justiça, Dr. João Elias da Silva Filho, titular da 2ª Vara da Comarca de Timbaúba, (Também respondendo pela 1ª Vara, pois Dr. Alexandre está em férias desde o início deste mês), pressionou o atual prefeito do município de Timbaúba, João Rodrigues da Silva Junior, em relação aos salários atrasados. Segundo o MPPE, esse problema é antigo na atual gestão, onde inclusive uma ação civil pública já consta desde dezembro de 2015.

O Ministério Público recomendou que gestor regularizasse os salários dos servidores, sendo efetivos ou não, sob pena de multa diária de R$ 10.000,00 (dez mil reais), mesmo assim o prefeito não estava cumprindo a determinação judicial, diz o promotor de Justiça.

Dr.João Elias assumiu o caso a pedido do Ministério Público de Pernambuco no último dia 1º de novembro deste, em poucos dias ele entrou com um requerimento onde solicitava o bloqueio imediato das contas públicas do municipio em decorrência dos pagamentos atrasados de seus servidores.

Segundo o promotor, o bloqueio das contas da prefeitura, consistia em um caso de socorro humanitário e até de responsabilidade no gerenciamento da máquina pública, porque há famílias de servidores passando fome e a multa diária iria causar grande dívida para os cofres do município. E não demorou muito para o prefeito tomar atitude, no dia 10 de novembro, ele efetuou o pagamento de todas as categorias sob pena de ver as contas da prefeitura bloqueadas pela Justiça.

O Timbaúba Agora entrou em contato com o prefeito Júnior Rodrigues, mas o chefe do Executivo timbaubense até o momento não comentou sobre o assunto.

Leia Também:

Comentários

Outras notícias