Black Friday Ubannet

07/11/2018 às 03h50m - Atualizado em 08/11/2018 às 08h50m

CineCreed levará mostra competitiva com sete filmes para o Case Timbaúba

Socioeducandos poderão, pela primeira vez, escolher o melhor filme entre os que serão exibidos na unidade. Evento ocorrerá em 12 de novembro

cinema

A organização do CineCreed divulgou a lista de sete filmes que serão exibidos na Mostra Competitiva Brasil, que ocorrerá dentro do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco. O evento, que está na 10ª edição, reúne curtas-metragens de todo o Brasil e é voltado ao público privado de liberdade. As produções serão exibidas na unidade, que é administrada pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), no próximo dia 12 de novembro. O festival também ocorrerá na Colônia Penal Feminina de Abreu e Lima (Mostra Competitiva Nordeste) e na Penitenciária Agroindustrial São João (Mostra Competitiva Pernambuco), unidades prisionais geridas da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).

No Case Timbaúba, serão exibidos “Cão Maior” (14 anos, 11’20’’), de Marcelo Leme (MG); “8 Patas” (Livre, 02’25’’), de Fabrício Rabachim, Gabriel Barbosa e Pietro Nicolodi (SP); “Minha Mãe, Minha Filha” (Livre, 16’05’’), de Alexandre Estevanato (SP); “Match” (Livre, 01’00’’), de Raquel Freire (SP); “Maria” (12 anos, 16’45’’), de Elen Linth (AM); “Par Perfeito” (Livre, 11’10’’), de Débora Herling (SC); e “A Piscina de Caíque” (Livre, 15’00’’), de Raphael Gustavo da Silva (GO).

Os adolescentes internados no Case Timbaúba poderão escolher, em votação, qual o melhor curta exibido. Esse nível de participação de socioeducandos no festival é inédito. Em anos anteriores, a instituição havia recebido apenas mostras especiais, nas quais os adolescentes tinham acesso à sétima arte somente como espectadores. “Todos têm direito de ter acesso à cultura, e isso está sendo assegurado por meio desse evento”, destacou a coordenadora geral do Case Timbaúba, Brenda Pitanga, lembrando que todos os filmes têm classificação indicativa de 14 anos, compatível com o público da unidade. “Em 2019, nosso desejo é não o de fazer apenas uma mostra do CineCreed, mas o de realizar o Cine Funase, com filmes que tenham temas específicos para esses adolescentes”, complementou o idealizador do festival e coordenador geral do Programa Exibição de Cinema Social (Preciso), Francisco Pires.

O festival teve mais de 200 produções inscritas. Os curtas selecionados foram produzidos a partir de 2016 e têm duração máxima de 20 minutos. Os vencedores de cada mostra receberão o troféu Coronel Alcides Romão, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 800. A curadoria do evento está sendo feita pela 6ª turma do curso de Especialização em Estudos Cinematográficos da Universidade Católica de Pernambuco, sob a coordenação do professor Alexandre Figueirôa. Os filmes que serão exibidos nas outras duas mostras competitivas, a sinopse deles e mais informações sobre o festival podem ser obtidas no site www.precisope.com.

Comentários

Outras notícias