07/11/2014 às 15h55m - Atualizado em 09/11/2014 às 14h29m

13º vai injetar R$ 4,8 bi na economia de Pernambuco

Este valor será originário da massa de 3,2 milhões de empregados ligados ao setor público e privado, além dos beneficiários da previdência social

O pagamento do 13º salário deverá injetar cerca de R$ 4,8 bilhões na economia pernambucana até o final deste exercício. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), este valor será originário da massa de 3,2 milhões de empregados ligados ao setor público e privado, trabalhadores domésticos, além dos beneficiários da previdência social, como aposentados e pensionistas.

Segundo o Dieese, Pernambuco representa 19,1% do total que será movimentado em todo o Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia, que representa 26,6% de toda a massa regional. O volume injetado representa um incremento de 12,2% sobre o exercício de 2013, acima da média nacional que é de 10,1%No ano de 2014, a média nacional ficou em 10,1%.

O Dieese avalia que dos R$ 4,8 bilhões advindos do 13º salário, 66,9% serão oriundos dos trabalhadores do mercado formal ligados ao setor público e privado, enquanto o restante deverá vir dos beneficiários da previdência social.

Comentários

Outras notícias