04/11/2014 às 14h13m - Atualizado em 06/11/2014 às 00h54m

Tracunhaém: Preso homem suspeito de tentar assaltar Agência dos Correios

Ubiratan Olimpio da Silva, de 36 anos, foi detido em flagrante nesta segunda-feira por policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar

Suspeito estava portando uma pistola .45 de uso exclusivo das Forças Armadas / Foto: PF-PE / Divulgação

A Polícia Federal de Pernambuco apresenta, nesta terça-feira, a prisão de um homem suspeito de assaltar a agência dos Correios de Tracunhaém, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Ubiratan Olimpio da Silva, de 36 anos, foi detido em flagrante nesta segunda-feira por policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar.

O recifense morador do bairro do Ibura já havia sido preso por diversos sequestros e condenado a 53 anos de prisão, tendo cumprido nove anos de pena e progredindo para o regime semiaberto na Penitenciária Agrícola Industrial, de onde fugiu.

Desta vez, ele foi preso após uma denúncia anônima sobre três homens em atitude suspeita em frente aos Correios. No local, os PMs encontraram o gerente da agência desmaiado no chão sendo socorrido por populares e a presença de um suspeito com a rioupa descrita pelo denunciante.

Ao ser abordado, o homem fez menção de sacar uma arma, sendo imobilizado no chão e ferindo um dos olhos. Armado com uma pistola ponto 45 de uso exclusivo das Forças Armadas, o suspeito, identificado como Ubiratan, não apresentava documentação.

Depois de receber voz de prisão em flagrante, ele foi levado para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde foi autuado por roubo com emprego de arma de fogo com vítima feita refém, resistência à prisão e porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito. Caso seja condenado, ele poderá pegar penas que somadas ultrapassam os 25 anos de reclusão. Após fazer exame de corpo de delito, o preso foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

No interrogatório, ele disse que vivia fazendo assaltos a padarias e mercadinhos nas cidades de Paulista e Olinda e que se reuniu com mais dois comparsas para investir contra o gerente da agência dos Correios de Tracunhaém. O objetivo era sequestrar o gerente quando ele fosse para agência e força-lo a abrir o cofre para roubar todo o dinheiro. Para a investiga, o trio havia roubado um veículo Focus que seria utilizado na fuga após o roubo. Ubiratan teria ficado do lado de fora, dando cobertura para a quadrilha.

O plano foi frustrado depois que o gerente, depois de ser ameaçado, teria desmaiado no percurso até a agência, impossibilitando os criminosos de entrarem no prédio. Os dois outros bandidos, ao perceberem a prisão do comparsa, conseguiram fugir.

Um inquérito policial foi instaurado e as investigações continuam para identificar, localizar e prender todos os integrantes do grupo. Este ano, dez assaltantes dos Correios foram presos. Este é sétimo episódio registrado em Pernambuco.

Comentários

Outras notícias