Black Friday Ubannet

02/11/2016 às 09h33m - Atualizado em 02/11/2016 às 09h34m

Derrotado no Recife, João Paulo vai se dedicar a trabalho sobre jogo do bicho

Na agenda pós disputa João diz que vai voltar a focar na pós-graduação em Direito e Processo do Trabalho. "Meu TCC vai ser sobre a situação dos trabalhadores de jogo de bicho", conta.

As informações informações são do Blog do Jamildo - Foto: André Nery/JC Imagem

O ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) conversou com o apresentador Geraldo Freire na Primeira Página desta terça-feira (1º). O petista avaliou positivamente a disputa pela Prefeitura da cidade, em que ele perdeu para Geraldo Júlio (PSB) no segundo turno com 38,7% dos votos. "Acho que cumpri meus deveres, são 46 anos de caminhada. Conseguimos quase 40% dos votos num momento em que o partido sofreu um grande golpe. Eu vi o reconhecimento em todas as áreas por onde passei e cumpri minha missão como político", avalia.

João Paulo vê resultado como bom e acredita que conquistou votos pelo reconhecimento de sua trajetória política. "Acho que 46 anos de militância política na cidade, de lutas importantes pela posse da terra, tudo isso marcou uma história e as pessoas me conhecem não é de agora. Eu acredito que isso pesou nesse resultado da votação", conclui.

Na agenda pós disputa João diz que vai voltar a focar na pós-graduação "Eu estava terminado uma pós-graduação em Direito e Processo do Trabalho durante campanha, estou concluindo meu TCC agora. Como meu pai foi cobrador de ônibus e passava jogo de bicho, meu TCC vai ser sobre o trabalhador do jogo do bicho, meu pai sofreu muito com isso e vou fazer um trabalho sobre a situação dos trabalhadores de jogo de bicho", conta.

Nos próximos dias 10 e 11 ele vai estar em São Paulo para participar de um encontro da direção nacional do partido dos trabalhadores, que pretende avaliar o quadro do PT nacional. Segundo João Paulo, "no Brasil, talvez o melhor lugar que o PT esteja seja aqui no Recife".

Questionado se pretende participar nas próximas eleições, o ex-prefeito pede calma, mas diz que vai continuar trabalhando e se organizando com o povo, alerta que vem por aí um momento muito difícil com a conjuntura política e com a PEC 241, mas admitiu que deve estar presente nos próximos pleitos sim. "Possivelmente eu estarei sim, não sei bem como, seja na condição de militante ou na de candidato", confirmou.

Na análise de João Paulo, a eleição no Recife foi um ponto importante e necessário para o partido. "A meu ver essa eleição promoveu um grande abalo na eleição interna em Pernambuco. Acredito que esse ano é o ano de deixar as coisas decantarem mais e a partir do próximo ano retornaremos à disputa pelo espaço de poder", analisa o ex-prefeito pensando nos próximos passos.

Comentários

Outras notícias