01/11/2014 às 16h49m - Atualizado em 02/11/2014 às 12h33m

Governador João Lyra e Paulo Câmara pedem bênção ao papa Francisco

Também estavam presentes, a primeira-dama, Leila Queiroz, e o vice-governador eleito Raul Henry.

Passado o período eleitoral, o governador eleito de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) viajou para Roma, na Itália, a fim de buscar novos parceiros comerciais para o Estado. Na passagem pela cidade, prestigiou nesta sexta-feira (31), ao lado do atual governador de Pernambuco, João Lyra (PSB), o concerto da Orquestra Criança Cidadã (OCC) Meninos do Coque para o Papa Francisco, no Vaticano.

Ao todo, 44 crianças e adolescentes carentes do Recife entoaram um repertório montado especialmente para a apresentação, sendo quatro composições do alemão Johann Sebastian Bach.

O concerto foi realizado paralelamente à 16ª Conferência Internacional da Fraternidade Católica, que se estende até o domingo (02), em Roma. Durante a apresentação, o atual governador mencionou a emoção em ver a apresentação das crianças ao papa. “São pessoas carentes que tem garantido seu futuro através da música”. Ao agradecer, o Papa descontraído disse que João Lyra era “o governante da orquestra”.

Além do governador e da primeira-dama, Leila Queiroz, vários pernambucanos estavam presentes ao concerto: o governador eleito Paulo Câmara, o vice-governador eleito Raul Henry, o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves, os deputados estaduais Raquel Lyra, João Fernando Coutinho, Terezinha Nunes e Tony Gel.

Idealizada pelo juiz de Direito João José Rocha Targino em 2006, a Orquestra Criança Cidadã faz parte do projeto social gerido pela Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC) que busca o resgate social de crianças carentes do bairro do Coque, um dos bairros mais violentos e de menor Índice de Desenvolvimento Humano do Recife. Atende atualmente, gratuitamente, a 170 jovens, entre quatro e 21 anos.


Foto: Arthur Cunha/divulgação.

Comentários

Outras notícias