Black Friday Ubannet

31/10/2016 às 10h24m - Atualizado em 31/10/2016 às 11h00m

Sete internos são mortos durante rebelião na Funase de Caruaru

Seis deles foram queimados; um foi mutilado, segundo a Polícia Militar. Desentendimento entre socioeducandos teria motivado o tumulto, diz PM.

Rebelião na Funase de Caruaru foi controlada por volta das 0h desta segunda-feira (31)
As informações são do G1 Caruaru - Foto: Magno Wendel/TV Asa Branca

Sete internos foram mortos durante uma rebelião na noite do domingo (30) na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Caruaru, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, dos sete, seis morreram queimados e um foi mutilado. Três vítimas tinham 14 anos, duas tinham 15, uma 17 e outra 18.

Ainda segundo a PM, os socioeducandos incendiaram uma das áreas do módulo dois da unidade após um desentendimento. O Corpo de Bombeiros foi acionado pela polícia após o incêndio e - ao apagarem o fogo - encontraram sete corpos. Seis adolescentes foram carbonizados e um estava com um afundamento no rosto e as mãos decepadas, conforme informou a polícia.

Os corpos foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. A rebelião foi controlada por volta das 0h desta segunda-feira (31). Até o momento, a PM não divulgou os nomes das vítimas.

Timbaúba

No último dia 25 de outubro foi registrada uma rebelião na Funase de Timbaúba, Zona da Mata Norte. Ao todo, quatro adolescentes morreram. Segundo a Funase, o motivo da rebelião teria sido desavenças entre grupos rivais. Entre os jovens assassinados com golpes de armas artesanais e pedradas, dois de 17 anos e um de 18.

Assuntos relacionados:

Comentários

Outras notícias