24/10/2014 às 14h03m

Pernambucano: Evaldo Cabral de Mello é eleito para Academia Brasileira de Letras (ABL)

O historiador recebeu 36 dos 37 votos possíveis e vai ocupar a cadeira que pertencia a João Ubaldo Ribeiro.

Como já era esperado, o historiador pernambucano Evaldo Cabral de Mello foi eleito hoje, com 36 votos, para ocupar a cadeira 34 da Academia Brasileira de Letras (ABL). Um dos maiores nomes da disciplina no Brasil, o autor fica na vaga deixada em aberto com a morte de João Ubaldo Ribeiro, no dia 18 de julho. Ele era o único concorrente à cadeira.

Evaldo já havia sido convidado várias vezes para disputar uma vaga na ABL, mas só agora aceitou. Ele recebeu 36 dos 37 votos possíveis - 20 deles presenciais e outros 16 enviados por carta. Ainda não há data de posse definida.

 /

Confira abaixo a biografia do autor disponibilizada pela ABL:

Evaldo Cabral de Mello nasceu no Recife em 1936 e atualmente mora no Rio de Janeiro. Estudou Filosofia da História em Madri e Londres. Em 1960, ingressou no Instituto Rio Branco e dois anos depois iniciou a carreira diplomática. Serviu nas embaixadas do Brasil em Washington, Madri, Paris, Lima e Barbados, e também nas missões do Brasil em Nova York e Genebra, e nos consulados gerais do Brasil em Lisboa e Marselha.

Um dos mais destacados historiadores brasileiros, Evaldo Cabral de Mello é especialista em História regional e no período de domínio holandês em Pernambuco no século XVII, assunto sobre o qual escreveu muitos de seus livros, como Olinda restaurada (1975), sua primeira obra, Rubro veio (1986), sobre o imaginário da guerra entre Portugal e Holanda, e O negócio do Brasil (1998), sobre os aspectos econômicos e diplomáticos do conflito entre portugueses e holandeses. Sobre a Guerra dos Mascates e a rivalidade entre brasileiros e portugueses em seu Estado natal, publicou A fronda dos mazombos (1995).

Escreveu, também, O norte agrário e o Império (1984), O nome e o sangue (1989), A ferida de Narciso (2001) e Nassau: governador do Brasil Holandês (2006), este para a Coleção Perfis Brasileiros, da Companhia das Letras. É organizador do volume Essencial Joaquim Nabuco, da Penguin-Companhia das Letras.


Do JC Oline

Comentários

Outras notícias