22/10/2014 às 14h14m - Atualizado em 23/10/2014 às 06h21m

João Campos pede aos jovens que fizeram protesto em 2013 para votar em Aécio

"Chegou a hora de escolher o caminho da mudança. Eu sou brasileiro, eu sou Aécio 45", afirma o jovem no vídeo.

Em vídeo divulgado na tarde desta terça-feira (21) em sua conta oficial no Facebook, João Campos, filho do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu em agosto durante um acidente aéreo na cidade de Santos, no litoral de são Paulo, pede que os jovens que participaram da onda de protestos ocorrida em junho de 2013 vote no senador mineiro Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da disputa presidencial, que acontece no próximo domingo (26).

“Se engajem e participem da campanha do futuro presidente da República Aécio Neves nesta reta final. Principalmente você que é jovem, que foi às ruas no ano passado. Agora, chegou a hora de escolher o caminho da mudança. Eu sou brasileiro, eu sou Aécio 45″, afirma o jovem no vídeo.

O pedido de João Campos acontece um dia antes de um evento de apoio à candidatura de Aécio chamado “Vem Pra Rua Dia 22″, que acontece em seis capitais do País nesta quarta (22). No Recife, o ato está marcado para ocorrer no Marco Zero, às 18h.

Filho homem mais velho de Eduardo, João Campos se engajou na campanha do governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), após a morte do pai. No segundo turno, a família Campos e a ala pernambucana do partido garantiram o apoio do PSB à candidatura de Aécio contra a da presidente Dilma Rousseff (PT).

No primeiro comício de Aécio no segundo turno, realizado no Recife, João Campos leu uma carta que declarava o apoio da família ao tucano. O jovem apareceu no guia eleitoral de Aécio, assim como imagens gravadas em um almoço oferecido ao candidato por Renata Campos.


Com informações do Blog do Jamildo

Comentários

Outras notícias