GB Bateiras

19/10/2014 às 12h13m

Paulo Câmara elogia apoio de Marina a Aécio Neves

Pernambuco foi o único Estado do Nordeste em que Dilma não liderou a votação no primeiro turno, perdendo para Marina.

Foto: divulgação/PSDB

O primeiro encontro público entre a ex-senadora Marina Silva (PSB) e o senador Aécio Neves (PSDB), ocorrido nessa sexta-feira (17), foi elogiado pelo governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), por meio de sua página oficial no Facebook. Afilhado político do ex-governador Eduardo Campos, falecido em agosto, Câmara apoiou Marina no primeiro turno e fez parte da articulação que garantiu a aliança do PSB com Aécio na segunda fase da disputa presidencial.

“Fazer política é construir pontes e não erguer muros”, escreveu o futuro governador, para quem é preciso seguir “juntos pelo Brasil”. Câmara participou do ato em São Paulo.

“Marina deu mais uma demonstração de sua grandeza, generosidade e coragem ao declarar apoio à candidatura que, agora, melhor representa o desejo de mudança que tomou conta dos brasileiros”, elogiou ainda Câmara.

Marina anunciou o apoio a Aécio no último domingo (12), um dia depois de o tucano ter estado em Pernambuco para um comício ao lado de Câmara e de ter almoçado na casa da ex-primeira-dama Renata Campos, viúva de Eduardo Campos.

Dias depois, em entrevista ao jornal O Globo, Câmara reconheceu que Aécio não era o candidato ideal para o PSB, em meio à disputa acirrada com a presidente Dilma Rousseff (PT); o que rendeu uma cobrança do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Pernambuco foi o único Etado do Nordeste em que Dilma não liderou a votação no primeiro turno, perdendo para Marina. Aécio ficou bem atrás, com menos de 6% dos votos, e conta com o apoio do PSB local para reverter o resultado.


As informações são do Blog do Jamildo

Comentários

Outras notícias