18/10/2014 às 15h57m - Atualizado em 24/07/2015 às 08h02m

Polícia Civil apresenta balanço da Operação Macapá realizada nas cidades de Macaparana, São Vicente Férrer e Machados

O delegado Herbert Martins, responsável pelas investigações, destaca que as pessoas presas nesta operação eram de alta periculosidade.

A Polícia Civil apresentou na tarde da sexta-feira (17) o resultado da Operação Macapá, realizada nas cidades de Macaparana, São Vicente Férrer e Machados, na Zona da Mata e Agreste de Pernambuco e em cidades da Paraíba, localizadas na divisa entre os dois Estados.

O objetivo da operação era cumprir 11 mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão. Durante as investigações sete homens foram presos e estam em presídios nos municípios de Igarassu e Limoeiro. Na manhã da sexta-feira (17), quatro mulheres foram presas. O grupo é acusado de praticar assaltos em casas lotéricas e outros estabelecimentos comerciais, traficar drogas, associação para o tráfico, portarem armas ilegalmente, cometerem homicídio e extorsão mediante sequestro.

O delegado Herbert Martins, responsável pelas investigações, destaca que as pessoas presas nesta operação eram de alta periculosidade, a pessoa conhecida por “Nado Veio” era o sequestrador mais procurado de Pernambuco e também procurado por cometer crimes da mesma natureza, na Paraíba.

O diretor da Diretoria Integrada do Interior 1, Salustiano Albuquerque, falou da importância de intensificar as operações de repressão qualificadas em todas as regiões do Estado. “Estas operações visam combater o crime organizado relacionado principalmente ao tráfico de drogas e homicídios”.

A ação teve a participação de 40 policiais civis, da Delegacia de Macaparana, do Comando de Operações Especiais - Core, do Grupo de Operações Especiais - GOE, e da Seccional de Macaparana.

"Operação Macapá" para cumprir mandados de prisão e mandados de busca e apreensão
A Polícia Civil de Pernambuco desencadeia operação de repressão qualificada. Na execução do trabalho operacional, participam 40 (quarenta) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães.


As informações Timbaúba Agora/Assessoria de Comunicação Social da Polícia Civil

Comentários

Outras notícias