GB Bateiras

11/10/2017 às 21h17m - Atualizado em 11/10/2017 às 21h24m

Suspeito de matar mulher com mais de 100 facadas em Nazaré da Mata também atuava em Timbaúba, diz polícia

De acordo com o delegado Rommel Ricardo, jovem de 18 anos cometeu outros oito assassinatos, responde por duas tentativas de homicídio e era procurado há quatro meses.

polcia_civil_-_secretaria_de_defesa_social_de_pernambuco

O jovem de 18 anos preso no município de Nazaré da Mata na segunda (9), sob suspeita de ter matado uma mulher de 45 anos com mais de 100 facadas, era procurado há pelo menos quatro meses, segundo a Polícia Civil. Nesta terça (10), o delegado responsável pelo caso, Rommel Ricardo, informou que o detido também responde por oito assassinatos e duas tentativas de homicídio, a maior parte cometida enquanto ele ainda era menor de idade. Informações do G1 PE.

No caso do homicídio registrado no sábado (7), o delegado afirmou que a vítima, avó de uma garota de 12 anos com quem o homem mantinha um relacionamento, foi chamada para uma conversa na casa em que morava. “Ela [a vítima] estava vendendo produtos numa feira livre e foi chamada pela filha para uma conversa. Quando a avó chegou em casa, houve uma discussão e ele [o autor do crime] terminou ceifando a vida dela com mais de 100 facadas”, detalha.

Ainda de acordo com Ricardo, há uma suspeita de que a mãe da garota de 12 anos tenha envolvimento com o crime. “Ainda não tem nada confirmado, mas sabemos que ela chamou a avó para uma conversa e que ela [a mãe] tinha conhecimento do relacionamento da filha com o homem”, conta.

'Frio, ruim e calculista'

A respeito do preso, o delegado afirma que o jovem atuava em outros municípios além de Nazaré da Mata, como Carpina, Paudalho e Timbaúba, todos localizados na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Além dos homicídios, ele também tem envolvimento com roubos e tráfico de drogas, segundo a Polícia Civil. “Ele é um indivíduo frio, ruim e calculista. É um cidadão muito perigoso e que não tinha pena das vítimas”, afirma o titular das investigações.

A prisão ocorreu na casa em que ele morava, em Nazaré da Mata. “Identificamos o local e fomos até lá com uma equipe grande. Cercamos a casa e não teve como ele fugir”, conta o delegado. Depois de ser preso, o jovem segue para audiência de custódia. Caso seja comprovada a prática de relações sexuais com a garota de 12 anos, ele também passa a responder por estupro de vulnerável.

Segundo a polícia, há, ainda, outro envolvido nos crimes cometidos pelo jovem de 18 anos, mas que está foragido. “Ele não teve atuação nesse crime, mas em outros. Já existe um mandado de prisão contra ele”, afirma o delegado.

Comentários

Outras notícias