10/10/2017 às 07h55m

Atacante revelação do Sport, Juninho é detido acusado de agredir ex-namorada

O jogador pagou uma fiança no valor de R$ 10 mil, foi liberado e saiu do local sorrindo.

atacante_juninho

O atacante Juninho, de 19 anos, uma das revelações do Sport na temporada 2017, foi detido pela polícia na manhã desta segunda-feira (9) e encaminhado para a Delegacia da Mulher, no Recife, onde está neste momento. O Prata-da-casa rubro-negro foi acusado de agressão física e ameaça de morte pela sua ex-namorada.

Juninho teria ido até a casa da ex-namorada na manhã desta segunda e a ameaçado com uma faca. "Ele veio com uma faca correndo atrás de mim. Gritei socorro e a vizinha abriu a porta para me ajudar. Ela chegou a vê-lo na porta com a faca e interfonou para os porteiros", conta a jovem. Segundo ela, que preferiu não se identificar, o jogador teria sido surpreendido pela polícia, acionada pela mãe dela. "O motorista dele ainda tentou entrar por trás do prédio para evitar o flagrante, mas não conseguiu. Ele foi levado na viatura", acrescentou a jovem. As informações são da Rádio Jornal.

Dois boletins de ocorrência foram registrados contra Juninho

A delegada que investiga o caso, Ana Elisa Sobreira, confirmou que dois boletins de ocorrência já foram prestados contra o jogador pela mesma vítima. "Precisamos ter a certeza de que houve um crime para autuá-lo ou não em flagrante. Ele está nesse momento detido, está sob nossa responsabilidade, estamos analisando para que essa situação seja investigada por portaria, sendo ele liberado e respondendo em liberdade, ou se até mesmo ele pode ficar em flagrante, sendo recolhido, onde a fiança ainda vai ser arbitrada. Existem dois boletins de ocorrência contra ele, bem recentes".

Após ser ouvida na delegacia da mulher nesta segunda-feira (09), a ex-namorada do atacante do Sport, Juninho, se mostrou revoltada com o fato do atleta responder em liberdade as agressões cometidas por ele. O jogador pagou uma fiança no valor de R$ 10 mil, foi liberado e saiu do local sorrindo.

De acordo com a vítima, ela não foi a primeira pessoa que o jogador agrediu. “ Eu não fui a primeira pessoa que ele fez isso...a partir de amanhã, outras meninas que ele agrediu, que já tiveram problema com ele, já entraram em contato comigo e amanhã está esperado de quatro a cinco pessoas vem aqui (na delegacia), prestar queixa contra ameaças, espaçamentos e outros vários problemas com ele”, disse a jovem.

A vítima também falou que entrou em contato com os pais do jogador, e eles concordaram com a atitude dela, pois o mesmo precisava disso para amadurecer. Ainda de acordo com ela, empresário do atleta conversou com o pai da jovem e disse que lavavam as mãos, pois o ele (Juninho), estava procurando isso e que não é algo que vem de hoje.

O Sport está acompanhando o caso, mas não vai se pronunciar oficialmente até que a polícia tome a devida decisão. Até então o clube não tinha entrado em contato com o atleta, pois o mesmo passou o dia na delegacia.

Fiança

A delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Sobreira, falou que o procedimento continua e que Juninho foi atuado em flagrante por injúria, ameaça e vias de fato. O atleta pagou a fiança de R$ 10 mil, foi liberado e vai responder o processo em liberdade. A polícia aguarda a chegada do último vídeo para concluir o procedimento

Ouça os detalhes

O advogado de Juninho, Ernesto Cavalcanti, disse que o jogador afirma que as acusações são fantasiosas e que ela criou o cenário para prejudicar o atleta, após o relacionamento acabar.

Comentários

Outras notícias