06/10/2017 às 08h02m - Atualizado em 06/10/2017 às 08h09m

Brasil tem um prefeito cassado por semana, diz Justiça Eleitoral

Desde as eleições de 2016, 49 governantes já perderam o cargo no Brasil e número deve subir. Em Pernambuco, 11 municípios são administrados por gestores com recursos judiciais.

tribunal_superior_eleitoral-tse Abuso de poder político e econômico, compra de voto, ficha limpa, e propaganda eleitoral irregular são as causas.

Os dados fornecidos por Tribunais Regionais Eleitorais foram levantados a partir das eleições do ano passado. Até agora 49 governantes perderam o cargo, o que dá uma média de um prefeito cassado por semana no Brasil.

Problemas como ficha limpa, abuso de poder político e econômico, compra de voto e propaganda eleitoral irregular são as causas. São mais de 300 cidades sendo governadas em meio a uma intensa guerra travada no Judiciário.

Prefeitos que já foram cassados em primeira instância, mas permanecem no cargo graças a recursos interpostos nos TREs e no TSE. Uma disputa contra candidatos derrotados que seguem brigando por uma nova eleição ou para derrubar o adversário.

Essa situação crescente cria uma imensa instabilidade política e administrativa. Segundo levantamento feito pelo O Globo, em Pernambuco, 11 municípios são administrados por gestores com recursos judiciais.

O fato é que temos uma justiça rápida durante o processo eleitoral, mas que demora a julgar os recursos do mandato, o que permite que os maus políticos sigam no poder administrando os recursos públicos.

É uma questão crítica para a democracia e para os administrados e, por outro lado, bastante lucrativa para os escritórios de advocacia.

As informações são de O GLOBO / G1

Comentários

Outras notícias