GB Bateiras

02/10/2014 às 17h28m - Atualizado em 03/10/2014 às 09h44m

Polícia Federal mobiliza 60% do quadro para atuar em crimes eleitorais

Operação terá parceria das polícias civil e militar e foi requisitada pela Justiça Eleitoral

A Polícia Federal no Estado de Pernambuco vai mobilizar 60% de seu efetivo para atuar em ocorrências que envolvam a prática de crimes eleitorais neste fim de semana em que acontece o primeiro turno da eleição. A mobilização foi requisitada pela Justiça Eleitoral e haverá integração com outras entidades da segurança pública, como a Polícia Militar e a Civil.

Para coordenar os trabalhos, será instalado o Centro de Controle das Eleições 2014 nas dependências da coordenação-geral de tecnologia da informação, em Brasília, que funcionará do dia 03 a 06 de outubro, nos mesmos moldes do centro de controle da Copa do Mundo. Ele apoiará os centros de controle regional na solução de eventos críticos e exercerá o monitoramento situacional das atividades da PF em todo o território nacional, possibilitando a consolidação de informações gerencias e operacionais de interesse policial.

A atuação da Polícia Federal foi dividida em três fases, compreendendo o período pré-eleitoral (02 a 04 de outubro) o dia do pleito (05) e pós-eleitoral (06), sendo assim, as atividades têm início nesta quinta-feira (02) e seguirá até o término das votações e consequente apuração, chegando até o dia 06.

Dentre as ações que serão executadas, estão a realização de diligências, investigações e policiamento móvel ostensivo e descaracterizado; reforço nos principais pontos onde existe a maior incidência de ilícitos eleitorais; plantão permanente de 24 horas que atuará nas prisões que tenham sido realizadas por policiais rodoviários, militares e civis; dar apoio e cumprir as determinações dos senhores juízes eleitorais.

Comentários

Outras notícias