01/10/2017 às 07h58m

Crianças são amarradas e acorrentadas no interior do Maranhão

Menores foram resgatados pelo Conselho Tutelar de Cajapió. Promotora já pediu a prisão preventiva dos pais das crianças e a perda do poder familiar.

agressao_a_crianca

Um casal foi flagrado pelo Conselho Tutelar cometendo crime de maus-tratos contra dois filhos, de quatro e nove anos na cidade de Cajapió, interior do Maranhão. Uma das crianças estava acorrentada, a outra, amarrada.

A promotora de Justiça da Comarca de São Vicente Férrer Alessandra Darub Alves, requisitou a instauração de inquérito à Polícia Civil e irá pedir a prisão preventiva dos pais. Ela também vai propor uma ação solicitando a perda do poder familiar do casal sobre os filhos e, ainda, o abrigamento das crianças em São Luís.

A promotora de justiça informou que o Conselho Tutelar já havia recebido várias denúncias de maus-tratos supostamente cometidos pelo referido casal, mas nunca havia conseguido atestar alguma situação de violência.

No momento da vistoria do Conselho Tutelar, somente o pai estava na casa de taipa da família, localizada na sede do município. Uma das crianças informou que a mãe teria cometido a violência, tendo o pai mantido as crianças presas.

Após a soltura dos irmãos, ordenada pelo MPMA, Alessandra Darub inspecionou a residência no período da tarde. As crianças estão, no momento, sob os cuidados da avó materna, até que haja decisão judicial.

O município de Cajapió fica localizado a 161 km de São Luís.

Comentários

Outras notícias