Black Friday Ubannet

30/09/2016 às 13h44m - Atualizado em 30/09/2016 às 14h30m

Empresário é detido no Aeroporto do Recife com 56 Iphones na mala

Aparelhos foram comprados nos EUA e impostos não foram recolhidos. Após ser autuado por descaminho, acusado pagou fiança e foi liberado.

Iphones seriam revendidos em João Pessoa, na loja do empresário
Do G1PE - Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Um empresário de 29 anos, natural de João Pessoa, na Paraíba, foi detido na tarde da última quinta-feira (29), no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, após tentar desembarcar com 56 smartphones (Iphones 7) sem o recolhimento de impostos, avaliados em aproximadamente R$ 149 mil. A detenção ocorreu durante triagem de rotina, após agentes federais localizarem os aparelhos em sacos plásticos na bagagem, utilizando um aparelho de raio-X.

Em depoimento, segundo a Polícia Federal, o acusado informou que possui uma loja de produtos eletrônicos em João Pessoa e que adquiriu os produtos em Miami nos Estados Unidos. Disse que ao desembarcar não procurou a Receita Federal para recolher os impostos devidos e que os celulares seriam guardados em sua residência, para depois serem revendidos a clientes. A compra foi feita com dinheiro e com cartão de crédito. O paraibano também afirmou que esta foi a primeira vez que viajou aos Estados Unidos com o objetivo de comprar a mercadoria.

O material retido pela Receita Federal através de um Termo de Retenção de Bens (TRB). O rapaz foi conduzido à sede da Polícia Federal e autuado por descaminho - deixar de recolher o imposto devido quando da entrada no país e ocultar em proveito próprio, no exercício de atividade comercial mercadoria de procedência estrangeira. Caso seja condenado poderá pegar pena que varia de 1 a 4 anos de reclusão. Por ser um crime afiançável, o empresário pagou fiança de R$ 5 mil e foi liberado.

Esta é a 5ª apreensão de drogas e mercadorias realizada no Aeroporto Internacional do Recife em 2016. Até o momento, cinco pessoas presas (quatro homens e uma mulher). Também foram apreendidos 13 Kg de haxixe, 5,5Kg de cocaína e 56 aparelhos celulares sem recolhimento de imposto. Em 2015, houve apenas uma apreensão de drogas no aeroporto, com duas pessoas presas (duas mulheres), que carregavam 10,6 Kg de cocaína.

Comentários

Outras notícias