Black Friday Ubannet

29/09/2016 às 09h38m - Atualizado em 29/09/2016 às 09h39m

Em Timbaúba, MPPE recomenda que representantes religiosos não realizem propaganda eleitoral no interior das igrejas

Em caso de descumprimento será aplicada uma multa que varia de R$ 2.000,00 a R$ 8.000,00 ao responsável pela propaganda eleitoral irregular e o candidato, partido ou coligação beneficiários.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos representantes ou conselhos de segmentos religiosos do município de Timbaúba que não realizem ou não permitam no interior das igrejas e templos religiosos qualquer espécie de propaganda eleitoral ou partidária, positiva ou negativa, a qualquer candidato a prefeito ou vereador.

O MPPE ainda informou que o não cumprimento dessa recomendação acarretará em punição ao responsável pela propaganda eleitoral irregular e o candidato, partido ou coligação beneficiários. Em caso de descumprimento será aplicada uma multa que varia de R$ 2.000,00 (dois mil reais) a R$ 8.000,00 (oito mil reais).

A solicitação foi publicada pelo excelentíssimo Alexandre Fernando Saraiva da Costa, Promotor de Justiça, no Cartório da 36ª Zona Eleitoral.

Comentários

Outras notícias