Black Friday Ubannet

26/09/2018 às 13h07m - Atualizado em 03/10/2018 às 11h06m

Audiência Pública na Câmara de Vereadores discute limites territoriais entre os municípios de Timbaúba e Ferreiros

Moradores do Bairro de Sapucaia são unânimes em manifestar vontade de continuar em Timbaúba. Prefeito Ulisses reafirmou que não vai abrir mão e que Timbaúba jamais perderá aquele território

sapucaia-audiencia_publuca_1

A Câmara de Vereadores de Timbaúba realizou na tarde desta terça-feira (25), uma audiência pública para discutir soluções sobre a polêmica levantada pelo prefeito ferreirense, Bruno Jaffet, em relação aos limites territoriais entre os municípios de Timbaúba e Ferreiros. O encontro, proposto pelo presidente da Casa Doutor Manoel Borba, Josinaldo Barbosa (PTB), contou com a participação de lideranças comunitárias e moradores do Bairros de Sapucaia e Ozanan, bem como pessoas de diversas localidades de Timbaúba.

A audiência também teve o objetivo de juntar propostas e agilizar o impasse entre as duas cidades limítrofes, e que envolve os Bairros vizinhos, Sapucaia e Ozanan de Oliveira, ambos fundados há cerca de 30 anos.

sapucaia-audiencia_publuca_3

Além dos 13 vereadores que compõem o Poder Legislativo Municipal, estiveram presentes também: Ulisses Felinto Filho, prefeito de Timbaúba; Dr. João Elias da Silva Filho, representando o Ministério Público Estadual; Dr. Antônio Apolinário, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB; Dr. Marcos Vasconcelos, Loja Maçônica Obreiros do Norte nº 7; Gilson Muniz, ex-prefeito; além de representantes de igrejas, comerciantes e sociedade civil.

sapucaia-audiencia_publuca_5

Após abrir os trabalhos na Casa Doutor Manoel Borba, o presidente da Mesa Diretora, passou a palavra ao promotor de Justiça, Dr. João Elias. Ele falou sobre os procedimentos que poderiam ser adotado para solucionar o conflito e lembrou que o assunto não cuida apenas de redefinição de espaço territorial, mas também do amor de uma comunidade por sua identidade.

sapucaia_audiencia_publica_1

Em sua fala o prefeito Ulisses Felinto reafirmou que não vai abrir mão e que Timbaúba jamais perderá aquele território. Felinto disse ainda que já está tomando todas as providências legais. Ele criticou veementemente a oposição, que na opinião dele, estava querendo transformar o evento em palanque político partidário. “É neste momento que precisamos juntar forças, pois todos somos timbaubenses”, pontuou.

O chefe do executivo também disse que a Rádio Nova Timbaúba FM está sendo irresponsável, sem ética e tentando tirar proveito eleitoral confundindo a população.

Assista na íntegra o discurso do Prefeito Ulisses Felinto 

O advogado Luiz Petribu, representante da Prefeitura de Timbaúba, relatou que os procedimentos administrativos já estão sendo tomados. Segundo ele, a falta de clareza com relação aos pontos cartográficos é o que vem gerando toda divergência, e em breve tudo será esclarecido. Afirmou que documentos já foram coletados e nesta quinta-feira (27), terá juntamente com o prefeito uma reunião na coordenação do IBGE, em Recife, para tratar do assunto.

sapucaia_audiencia_publica_2

A maioria dos que usaram a tribuna, sugeriram apresentar um mapa com base em questões históricas e culturais, além de pertencimento, que é como cada morador se ver. Já os moradores foram unânimes em dizer que preferem pertencer ao município serrano. “A prefeitura de Ferreiros quer impor que nós sejamos ferreirenses e não seremos jamais”, destacou um morador.

O tema entrou em pauta porque há pouco mais de dois meses, o prefeito de Ferreiros sancionou a Lei Municipal nº 998/2018, publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco, no último dia 05 de julho, onde amplia a extensão territorial e cria a segunda área urbana do município em território timbaubense, ou seja, parte do Bairro de Sapucaia. No entendimento do Executivo ferreirense, a Lei a inclusão de partes dos bairros timbaubenses está baseada na Lei Estadual nº 4.953, de 20 de dezembro de 1963.

sapucaia-audiencia_publuca_2

Porém, para João Hélio Bezerra Guerra, funcionário do IBGE, que desde a década de 1970 é responsável pelo recenciamento daquela área, o mapeamento Tridimensional (PE3D), executado pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem), órgão do Governo do Estado, finalizado em dezembro de 2016, não obedeceu os limites legais.

sapucaia

Sapucaia é o segundo bairro mais populoso de Timbaúba com 4.399 moradores. De acordo com o censo 2010, a população masculina é 2.190 e a feminina de 2.209. Nas entrevistas em emissoras de rádios, o prefeito de Ferreiros Bruno Jaffet, conta como certo o desmembramento. No entendimento dele, Sapucaia e Ozanan perderiam mais de dois mil habitantes, a faculdade, a escola técnica, as casas comerciais, a cerâmica, o posto de combustível e o posto de saúde para o município vizinho.

Texto: Reginaldo Silva/Timbaúba Agora

LEIA NA ÍNTEGRA (Página 28) A LEI MUNICIPAL 998/2018, DE FERREIROS, SANCIONADA E PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO DOS MUNICÍPIOS DE PERNAMBUCO - PRODUZIDO PELA AMUPE (Associação Municipalista de Pernambuco).

Comentários

Outras notícias