13/09/2017 às 09h32m - Atualizado em 13/09/2017 às 09h45m

Presidente da Câmara de Itambé é baleado em tiroteio com morte

Dois homens em uma moto atiraram no vereador Luís da Funerária (SD) e mais outras duas pessoas que o acompanhavam

vereador_luis-da-funerariaJosé Luis Targino de Moura (Presidente da Câmara de Vereadores de Itambé)

Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, na noite desta terça-feira (12). As vítimas estavam conversando na frente de uma funerária, que pertence ao presidente da Câmara de Vereadores de Itambé, no centro da cidade, quando dois homens chegaram em uma moto e efetuaram vários disparos. As informações são do site da TV Jornal.

O auxiliar de serviços gerais da Funerária São Luís, Cláudio Borges, de 48 anos, levou dois tiros e morreu na hora, e o dono da funerária e vereador, José Luís Targino de Moura, de 56 anos, foi baleado no braço e o peito. O motorista da funerária, Cleiton Cavalcanti, de 31 anos, levou um tiro no braço, que transfixou e o atingiu no peito, no entanto, como o celular dele estava no bolso da camisa, acabou amortecendo o impacto da bala.

Socorro

Os dois feridos foram levados para o Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, no Grande Recife. Cleiton já recebeu alta, e o vereador continua internado, mas não corre risco de morrer. O irmão do vereador acredita que o político pode ter sido vítima de uma bala perdida, e que o verdadeiro alvo era o funcionário da funerária que morreu, Cláudio Borges. Cláudio esteve envolvido na morte do advogado Manoel Matos, que defendia os direitos humanos. O crime aconteceu em janeiro de 2009, na casa de praia da vítima, em Pitimbu, na Paraíba.

Comentários

Outras notícias