Black Friday Ubannet

12/09/2018 às 09h45m - Atualizado em 12/09/2018 às 10h31m

Policial militar é encontrada morta dentro de casa no Sertão pernambucano

Aline Ribeiro de Araújo, de 31 anos, era lotada no 23º Batalhão de Polícia Militar

policial_encontrada_mortaDo JC Online
 
Na manhã desta terça-feira (11), foi encontrada morta dentro de casa a policial militar Aline Ribeiro de Araújo, de 31 anos, no bairro Patrona, em Tuparetama, Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, as causas da morte da PM ainda estão sob investigação.
Arma não encontrada

A policial foi encontrada na por uma funcionária da casa que teria ido até a residência a pedido da mãe da vítima, estranhando a falta de notícias da filha. Aline foi morta por dois disparos de arma de fogo. Segundo a polícia, ainda não se sabe concretamente a motivação do crime, mas a possibilidade de latrocínio está praticamente descartada. A soldado Aline tinha 31 anos havia entrado para a PMPE há menos de três anos e deixa uma filha de cinco anos.


Aline era lotada no 23º BPM. Segundo os investigadores, a arma da policial e o celular dela não foram encontrados na residência. O corpo de Aline foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, no Agreste do Estado. O caso está sendo investigado pelo delegado Allison Nunes Eulampio, titular da delegacia de polícia do município. 

Nota conjunta da PMPE e PCPE:

A Polícia Militar lamenta informar que, por volta das 2h30 da madrugada de hoje (11/09), o corpo da soldado Aline Ribeiro de Araújo, lotada no 23º BPM, foi localizado dentro da casa da policial, no bairro Patrona, em Tuparetama, no Sertão pernambucano. A policial foi encontrada na por uma funcionária da casa que foi até a residência a pedido da mãe da vítima, estranhando a falta de notícias da filha. Aline foi morta por dois disparos de arma de fogo. O caso está sendo investigado pelo delegado Allison Nunes Eulampio, titular da DP do município. Ainda não há uma motivação concreta, mas a possibilidade de latrocínio está praticamente descartada. Foram levados do local a arma da policial e o celular. A soldado Aline tinha 31 anos, entrou para a PMPE havia menos de três anos e deixa uma filha de 5 anos.

Comentários

Outras notícias