03/09/2017 às 09h59m - Atualizado em 04/09/2017 às 08h38m

Luxemburgo solta o verbo após goleada: 'estou envergonhado com o time'

Técnico do Sport disse que sua permanência no clube fica a cargo da diretoria

vanderlei_luxemburgo

Vanderlei Luxemburgo soltou o verbo após a goleada sofrida pelo Sport, neste sábado (2), por 5x0 contra o Grêmio, no complemento da 22ª rodada do Brasileirão. Insatisfeito com a atuação da equipe rubro-negra, o treinador chegou a dizer que estava envergonhado pelo que ele classificou como uma vergonha. O professor, inclusive, chegou a colocar sua permanência no clube nas mãos da diretoria leonina que, rapidamente, confirmou a sequência de Luxa no cargo através do executivo de futebol Alexandre Faria.

"Primeiramente, dizer que eu estou envergonhado. Estou no futebol há muito tempo e a gente sabe o que pode fazer e o que não pode. Sem tirar o mérito do Grêmio, mas jogamos muito mal hoje. Faltou muita coisa para nós. Venho falando isso há um bom tempo e quero dizer ao torcedor do Sport que estou envergonhado. Não fizemos um jogo que condiz com a realidade do clube. Sou um profissional experiente e estou acostumado com as coisas”, disse Luxa, que continuou.

"Se a diretoria do Sport achar que deva trocar o técnico, faz parte do futebol. Não seria a primeira vez. Eu seria só mais um treinador a cair. A direção tem o direito de entender do jeito que ela quiser. Não preciso de um aumento, mas se quiser que eu fique eu fico. Mas eu não vou permitir que o Sport vá parar na Zona do Rebaixamento. Não simplesmente estar por estar. Já falei para eles (jogadores). Me propus a vir para cá para a situação que é brigar lá em cima. Alguma coisa está errada. Já identifiquei, não vou falar pra vocês. Não pode acontecer o que aconteceu no ano passado, quando o Sport se livrou só na última rodada", adicionou.

FALTOU GARRA

De acordo com Vanderlei, o Sport ficou devendo no quesito garra diante do Grêmio. Não por acaso, veio a derrota merecida. "O Sport tem historicamente jogadores guerreiros. E isso não demonstramos hoje. Não estou mandando recado através da imprensa. Eu falei isso para eles e para a diretoria", enfatizou Luxemburgo. 

O goleiro Magrão, por sua vez, engrossou o coro do professor. "Não tem outra palavra. É vergonha mesmo. Uma situação muito complicado e agora vamos ter que se entregar aos trabalhos para reverter essa situação", disse o camisa um leonino. 

Do JC Oline

Comentários

Outras notícias