Black Friday Ubannet

31/08/2018 às 01h21m - Atualizado em 31/08/2018 às 10h30m

Operação policial fecha fábrica clandestina de cachaça e detém seis pessoas em São Lourenço na Mata

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, fábrica em São Lourenço da Mata produzia 1.800 litros de aguardente por semana e usava rótulos falsos de marca conhecida no mercado nacional.

cachaca_clandestina

Uma fábrica clandestina de cachaça foi fechada, nesta quinta-feira (30), em São Lourenço na Mata, no Grande Recife. Seis pessoas foram detidas na operação, realizada por policiais rodoviários federais e militares e técnicos do Ministério da Agricultura.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na fábrica eram produzidos 1.800 litros de aguardente por semana. O produto era colocado em garrafas com rótulos falsos de uma empresa de bebidas conhecida no mercado nacional.

Com a ação, as atividades da fábrica clandestina foram suspensas. Além disso, foi arbitrada uma multa. De acordo com a PRF, entre os detidos está um homem apontado como proprietário do estabelecimento.

Os policiais estiveram na área da fábrica, localizada às margens da BR-408, no bairro de Muribara. Em um local com estrutura precária, havia muitos engradados e garrafas vazias, segundo a PRF.

A Polícia Rodoviária Federal informou, ainda, que a ação foi desencadeada a partir de um levantamento feito pelos setores de inteligência da corporação e da Polícia Militar. Os detidos, de acordo com a PRF, seguiram para a Delegacia de São Lourenço da Mata.

Em nota, a Polícia Civil informou que os detidos foram levados, no final da tarde desta quinta-feira (30), para a Central de Plantões da Capital.

Comentários

Outras notícias