30/08/2016 às 08h59m

Torcedor do Náutico recebe alta de hospital após três anos e meio

Lucas Lyra baleado em 2013 foi liberado do hospital após longa recuperaçãoc

Lucas, em cadeira de rodas, se encaminhando para a coletiva sobre a sua recuperação

Após três anos e meio de luta pela vida, o jovem torcedor do Náutico, Lucas Lyra, recebeu alta do Real Hospital Português na manhã desta segunda-feira (29). Em fevereiro de 2013, Lucas foi baleado na nuca em frente ao Estádio dos Aflitos. Na época, o Timbu iria jogar contra o Central, pelo Campeonato Pernambucano, e o incidente ocorreu pouco antes do início da partida. Os médicos lhe deram 1% de chance de vida. Mesmo assim, seguiu resistindo, enquanto seus familiares faziam campanhas dos familiares por auxílio na recuperação. O jovem torcedor conseguiu se recuperar, saindo do hospital três anos e meio após o ocorrido.

Em coletiva realizada na manhã desta segunda (29), no Real Hospital Português, local em que Lucas estava internado desde abril de 2013 após deixar o Hospital da Restauração, os médicos que cuidaram do jovem explicaram o processo de recuperação.

"Quando ele chegou, não respirava, estava desnutrido e febril. Teve uma infecção grave. A partir desse momento foi uma batalha para todos. Aos poucos o tiramos da fase crítica e programamos um plano terapêutico de reabilitação. Ele agora precisará fazer fonoaudiologia e receber cuidados de enfermagem básica em casa", explicou a infectologista, Fátima Lima. Por ordem da Justiça, todo o trabalho de fisioterapia motora, homecare e os medicamentos serão custeados pela empresa Pedrosa. Ela também arcará com 90% do aluguel da nova casa de Lucas –a família morava no bairro da Várzea, mas se mudou para uma residência maior, na Torre.

Com informações da Folha de Pernambuco

Comentários

Outras notícias