Black Friday Ubannet

28/08/2018 às 11h48m - Atualizado em 29/08/2018 às 20h45m

Policial mata empresário por causa de jogo de dominó

A vítima e o suspeitos estavam apostando dinheiro em um jogo de dominó em um bar. O crime aconteceu a 100 metros da delegacia.

arma_diparando_-_arma_-_plcia

Um policial é suspeito de matar um empresário no bairro Novo do Carmelo, em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR). A vítima e o suspeitos estavam apostando dinheiro em um jogo de dominó em um bar. O crime aconteceu a 100 metros da delegacia da cidade.

"Nem o dono do bar relata, nem as testemunhas relatam qualquer tipo de discussão. Ele (o policial) disse que quando o jogo acabou, porque acabou o dinheiro que ele tinha, foi até a vítima e deu três tiros nele para assusta-lo", contou a delegada Euricélia Nogueira .

Segundo a policia, Fernando Antônio da Silva, de 48 anos, se revoltou pelo fato de estar perdendo o jogo e assassinou Albertino José da Silva com três tiros na cabeça. A vítima chegou a ser socorrida pelos policiais para Unidade de Pronto Atendimento da Caxangá, mas não resistiu. O empresário, que tinha 50 anos, era dono de uma ótica no centro de Camaragibe.

De acordo com a filha de Albertino, ele gostava jogar dominó ou baralho, apostando dinheiro. "Todo mundo conhece meu pai, meu pai era trabalhador. Ele era viciado nesses jogos, ele jogava mas não precisava, porque ele tinha a ótica dele. Ninguém tem o que falar mal dele.", contou Mickaele Silva.

Após o crime, Fernando Antônio, se apresentou no Quartel do Derby. Ele foi levado para a Delegacia de Camaragibe, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. O PM afirmou não se arrepender do crime. "[Matei ele] porque ele me roubou e ficou zombando da minha cara. De matar ladrão não [me arrependo]".

TV Jornal

Comentários

Outras notícias