Black Friday Ubannet

28/08/2016 às 18h17m

Santa Cruz cria chances, mas perde para o Cruzeiro

Placar final de 2x0 para o time mineiro. O Santa Cruz volta a entrar em campo na quarta-feira, contra o Sport, na Arena Pernambuco.

Foto: Edesio Ferreira/EM/D.A. Press

A atitude do Santa Cruz, diante de um Mineirão lotado, foi firme. Especialmente no primeiro tempo. A equipe coral se movimentou, criou espaços, marcou bem. Teve as melhores oportunidades de abrir o placar, mas não conseguiu balançar as redes.

No início do segundo tempo, o Cruzeiro achou duas jogadas e abriu a vantagem. Placar final de 2x0 para o time mineiro. O Santa Cruz volta a entrar em campo na quarta-feira, contra o Sport, na Arena Permanbuco.

A chance da redenção será em um clássico, valendo pela Sulamericana, uma competição internacional.

A partida

O Tricolor buscou, nos primeiros minutos, segurar o ímpeto do Cruzeiro. A equipe coral teve sucesso e os mineiros não conseguiram criar. O zagueiro Manoel, depois de uma cobrança de escanteio aos 10 minutos, finalizou dentro da área.

Mas foi só. O Santa Cruz estava muito bem postado e não deu espaços para o adversário. E, no estilo do técnico Doriva, os atletas do Mais Querido tentavam rodar a bola, valorizar a posse. Acima de tudo, jogar futebol.

Aos 13, o Santa trocou bons passes, saindo da esquerda para a direita. João Paulo dominou no meio de campo e acertou um grande lançamento para Grafite, que limpou o zagueiro e deu um leve toque na bola. O goleiro Rafael salvou.

Aos 24, Allan Vieira cruzou e Léo Moura encheu o pé. O chute estava destinado ao gol. Por infelicidade, bateu na trave e voltou ao solo.

O Santa Cruz foi para o intervalo sendo mais perigoso, mais ativo e merecedor de um bom resultado.

Mas, na volta para o segundo tempo, o jogo mudou. Principalmente pela qualidade individual do Cruzeiro. Aos três minutos, Robinho acertou um chute improvável de fora da área.

A trave foi inimiga novamente. Desta vez, tocou nela e morreu no gol. A equipe tricolor sentiu o baque e, logo aos sete minutos, Ábila aproveitou uma falha de posicionamento defensivo para ampliar a vantagem.

O Santa Cruz tentou reagir, chegou próximo do gol, teve novas oportunidades. Mas a bola não entrou.

Comentários

Outras notícias