Black Friday Ubannet

26/08/2017 às 09h08m - Atualizado em 26/08/2017 às 11h46m

Náutico desperdiça pênalti e perde para o Ceará

Timbu permanece no 19º lugar com 17 pontos e volta a campo apenas no dia 6 de setembro, às 21h45, na Arena de Pernambuco, diante do Brasil de Pelotas.

bandeira

O Náutico poderia ter tido uma melhor sorte na noite desta sexta-feira (25), no Estádio Presidente Vargas, contra o Ceará. Perdeu um pênalti com Giovanni, desperdiçou ao menos duas chances claras de gol e uma falha coletiva resultou no gol do adversário, que venceu por 1x0 com tento anotado por Lima. Com o insucesso, o Timbu permanece no 19º lugar com 17 pontos e volta a campo apenas no dia 6 de setembro, às 21h45, na Arena de Pernambuco, diante do Brasil de Pelotas. 

Assim que a bola rolou, o Náutico tentou surpreender o Ceará com uma postura ofensiva. Com apenas 17 segundos, Giovanni arriscou de fora da área e quase abriu o placar. A bola passou ao lado da trave esquerda. O Timbu manteve o ímpeto por mais dez minutos, mas na sequência o Vozão equilibrou as ações e conseguiu sair na frente do marcador. Aos 13, Elton cruzou, ninguém afastou a bola e Lima empurrou para o fundo das redes: 1x0.

Os alvirrubros sentiram o gol e tiveram dificuldades para se reorganizar em campo novamente. Mas, mesmo assim, os donos da casa não se aproveitaram da oscilação dos visitantes. O único lance do perigo antes do intervalo foi um chute do atacante Lelê para uma grande defesa de Jefferson. O Náutico bem que tentou chegar ao ataque, porém, apostou nos lançamentos longos e praticamente não finalizou.

Em busca de uma nova configuração tática na equipe, Roberto Fernandes voltou do intervalo com Manoel na vaga de Willian Schuster. Com a mudança, o Alvirrubro cresceu no jogo e passou a pressionar mais. Giovanni cobrou uma falta para a área, Manoel desviou e Gilmar, livre na área, arrematou para fora perdendo uma grande chance. Em seguida, Gilmar ganhou de Luiz Otávio e foi derrubado na área. Pênalti marcado, mas Giovanni foi para a cobrança e Everson defendeu para evitar o empate.

Sem transformar o desempenho em reação no placar, o comandante alvirrubro acionou Bruno Mota no lugar de Henrique Ávila. E a última aposta de Roberto Fernandes foi com Vinícius substituindo Iago Silva. Mas, apesar das mudanças e da pressão, o Timbu não conseguiu chegar ao empate e voltou a conhecer o sabor da derrota na Série B do Campeonato Brasileiro.

Comentários

Outras notícias