Black Friday Ubannet

20/08/2018 às 09h30m - Atualizado em 20/08/2018 às 09h52m

ProUni abre inscrições de bolsas remanescentes nesta segunda (20)

Os para os estudantes não matriculados, o prazo de inscrição vai até 24 de agosto. Já alunos matriculados devem realizar as inscrições até o dia 28 de setembro.

prouni

Programa Universidade para Todos (ProUni), abre nesta segunda-feira, 20, as inscrições para as 106.252 bolsas remanescentes, referente ao 2º semestre de 2018. Ao todo, são 18.070 vagas de bolsas integrais e 88.182 de bolsas parciais de 50%. Os alunos matriculados devem realizar as inscrições até o dia 28 de setembro. Já para os estudantes não matriculados, o prazo de inscrição vai até 24 de agosto.

Como funciona as Bolsas Remanescentes do ProUni

As vagas remanescentes do Prouni é mais uma chance para quem quer e ainda não conseguiu uma bolsa de estudo em uma faculdade privada. As bolsas remanescentessão formadas pela desistência dos candidatos que foram contemplados (na primeira, segunda chamada e lista de espera) e, por razões como falta de documentação, por exemplo, não ocuparam a vaga.

A distribuição de todas as vagas ofertas nos semestre é de grande importância para o Ministério da Educação (MEC), quando não são ocupadas, é aberto um novo processo seletivo para concessão das bolsas com mais flexibilidade nos critérios de seleção, dando assim, novas oportunidades para quem ainda não conseguiu. Não perca tempo! Participe e garanta sua entrada em um curso superior.
 
Quem pode concorrer as Bolsas Remanescentes do ProUni

Podem concorrer a uma bolsa remanescente quem for professor da rede pública de ensino ou que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, com nota superior a 450 pontos nas provas objetivas e acima de zero na redação. Para candidatos já matriculados o prazo vai até 28 de setembro.

Quem pode participar do ProUni?

Para concorrer a bolsas integrais o candidato que tiver renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para bolsistas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além de preencher o requisito de renda, os interessados no ProUni também precisam:

– Ter estudado o ensino médio completo em instituições da rede pública de ensino;
– Ter estudado o ensino médio completo em instituições da rede privada de ensino como bolsista integral da própria escola;
– Ter estudado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
– Ser pessoa com deficiência;
– Ser professor da rede pública de ensino, no exercício da docência na educação básica e constituindo o quadro de pessoal definitivo da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura.

Para saber mais detalhes sobre o ProUni, confira nosso artigo: Como funciona o Programa Universidade Para Todos e deixe de ser leigo no assunto. Lembrando que, existem outras formas de cursar o nível superior, seja através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU),  ou por meio do financiamento, pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Comentários

Outras notícias