Black Friday Ubannet

17/08/2017 às 12h55m - Atualizado em 17/08/2017 às 14h46m

Cinquenta pessoas são detidas em operação deflagrada em Timbaúba e outros município da Zona da Mata de Pernambuco nesta quinta (17)

Três organizações criminosas são suspeitas de 22 assassinatos, tráfico de drogas, venda de armas e roubos.

operacao_novo_tempo_1

Deixe seu comentário no final da matéria

Durante a 'Operação Novo Tempo' cinquenta pessoas foram detidas na manhã desta quinta-feira (17) em Timbaúba e diversas cidades da Zona da Mata de Pernambuco. 44 adultos e seis adolescentes são suspeitos de integrar três quadrilhas rivais, que atuavam na região e também no Recife. Por causa da disputa territorial e da guerra por tráfico de drogas entre essas organizações, 22 homicídios foram contabilizados até agora. De todos os mandados expedidos pela Justiça, dois deixaram de ser cumpridos. São dois menores de idade, que estão foragidos.

Outras informações sobre Timbaúba clique no link: https://goo.gl/eFVsEf

O chefe da Polícia Civil, Joselito do Amaral, gravou um vídeo e relatou que as organizações atuavam em várias cidades. Além do Recife, estão na relação de territórios dos grupos: Timbaúba, Nazaré da Mata, Carpina, Goiana e Vitória de Santo Antão.

Além de envolvimento com tráfico e homicídios provocados pela guerra territorial, as quadrilhas atuavam na venda ilegal de armas de fogo e roubos. A ação foi desencadeada depois de oito meses de investigação.

A operação envolveu 120 policiais e foram apreendidas 21 armas de grosso calibre, entre rifles, escopetas, pistolas ponto 40 e revólveres, além de munições. Também foram apreendidas 11 motocicletas, 25 quilos de maconha, meio quilo de crack, meio quilo de cocaína e R$ 5.500,00 em dinheiro.

Joselito do Amaral disse que o número de assassinatos atribuídos aos grupos ainda pode aumentar após a delação premiada. Veja no vídeo.

Da redação do Timbaúba Agora

Comentários

Outras notícias