Black Friday Ubannet

15/08/2018 às 13h40m - Atualizado em 15/08/2018 às 21h21m

Paraíba: Prefeito de Patos é afastado pelo Tribunal de Justiça por desvio de dinheiro público

Outros 12 servidores também estão suspensos das funções. Eles foram denunciados pelo Ministério Público pela prática de fraudes em licitações e desvio de dinheiro

prefeitura-patos

O prefeito da cidade de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, foi afastado do cargo nesta terça-feira (14) em decisão tomada pelo juiz Carlos Eduardo Leite Lisboa, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Mais 12 servidores do município que fica localizado no Sertão da paraíba também foram suspensos das suas funções públicas. Eles são acusados de compor uma organização criminosa especializada na fraude de licitações e desvio de dinheiro público.

Tendo em vista a natureza dos delitos supostamente praticados pelos denunciados afastados dos cargos, o juiz determinou também as seguintes medidas cautelares: comparecimento a todos os atos processuais para os quais forem convocados, proibição de acesso ou frequência à sede da Prefeitura de Patos, secretarias e à Comissão Permanente de Licitação, além da proibição de se ausentarem do estado sem autorização do juiz-relator.

O descumprimento das medidas podem causar a decretação da prisão preventiva. Conforme a investigação do Ministério Público da Paraíba (MPPB), o processo traz uma série de pagamentos feitos aos denunciados e menciona participação ativa no falseamento de licitações. Também aponta utilização do dinheiro público para a promoção da defesa do grupo familiar do prefeito.

A redação do Portal OP9 entrou em contato com o telefone pessoal do prefeito Dinaldo Medeiros, mas as ligações não foram atendidas. Ao falarmos com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Patos, o órgão informou que ainda não foi notificado oficialmente sobre o caso e por isso não tem como se posicionar.

Comentários

Outras notícias